Madrid

Roteiro de Madrid pelas principais atrações

Madrid (ou Madri) pode não estar próxima ao mar como outras cidades populares da Espanha, mas abriga um grande acervo cultural, histórico e natural que apaixona quem a visita. Por essa razão, os grandes museus de arte, os parques públicos e o grande palácio real não podem deixar de ser visitados em um roteiro de Madrid. Para ler as matérias mais detalhadas sobre cada atração, basta clicar nos respectivos links.

Madrid tem seu nome originado do árabe “Magerit”, cujo significado é “terra rica em água”. A primeira referência histórica à cidade de Madrid vem de 865, quando o emir Muhammed I construiu uma fortaleza acima do rio Manzanares. Em 1083, Afonso VI de Castela dominou a região, construindo as primeiras casas, igrejas medievais e uma palácio gótico, que foi substituído pelo atual Palácio Real, após incêndio de 1734.

Começar seu roteiro de Madrid pelos arredores do Palácio Real – ou Palácio Bourbon como ficou conhecido após o reinado de Filipe V – certamente lhe fará conhecer um pouco da história da cidade. A visita ao interior do palácio e à Catedral de la Almudena podem facilmente ser complementados com uma ida até às ruínas da Muralha Árabe, na Calle Mayor e uma caminhada pelos Jardins de Sabattini, ao lado do palácio.

Andando um pouco mais, chega-se à Plaza de España de Madrid que não é tão imponente como a de Sevilha, mas abriga o monumento a Cervantes, obra deRafael Martínez Zapatero e Lorenzo Cullaut Valera inaugurada em 1915. No entorno estão a Torre de Madrid, construída em 1957 e o Edifício Espanha, construído sob estilo neobarroco em 1953 e que atualmente está sendo renovado para abrigar um hotel da cadeia RIU, o RIU Plaza de Madrid.

Praticamente em frente à Plaza de España está o Templo de Debod, doado à Espanha pelo governo egípcio para ocupar os jardins do Parque del Oeste, desenhados por Manuel Herrero Palácios em 1968. Com mais de 2000 anos de antiguidade, este templo funerário foi resgatado da represa de Assuã por uma equipe de arqueólogos espanhóis e reconstruído pedra por pedra no local. Este é considerado uma das poucas estruturas núbio-egípcias que podem ser contempladas fora do Egito. O reflexo das estruturas na piscina onde estão, torna o monumento ainda mais grandioso.

Saindo do Palácio Real em direção à Plaza de Callao, chegamos a uma das principais praças da cidade, a Plaza Mayor, que na história foi palco de altos de fé e execuções durante a Inquisição Espanhola. Nos arredores da Plaza Mayor é fácil visitar a Puerta del Sol e a famosa estátua do Urso e o Madronho, símbolo da cidade. Seguindo em direção ao bairro de Salamanca, você passará pela Gran Vía, uma das principais ruas de Madrid, onde estão localizados hotéis, restaurantes e claro, várias lojas onde fazer compras em Madrid.

É por ali também que está a parte cultural de Madrid está localizada próximo ao Paseo del Prado, onde é fácil visitar os três museus que compõem o Triângulo de Ouro da Arte. Mais adiante, após passar pela Plaza de Cibeles, aproveite para conhecer o centro cultural dentro do Palácio Cibeles e aproveitar para ter uma vista completa de Madrid, a partir de seu terraço. Prosseguindo em direção ao monumento dedicado à Cristóvão Colombo, o tour cultural por Madrid se completa com uma visita à Biblioteca Nacional, ao Museu Arqueológico Nacional e ao Centro Cultural Fernán  Gómez, todos localizados nos arredores da Plaza de Colón.

A esta altura você já estará no bairro de Salamanca, onde estão alguns bons restaurantes localizados na rua da gastronomia, Calle Jorge Juan. Dali para o Parque do Retiro é bem perto, então prepare-se para aproveitar um dos mais belos parques da Europa, que independente da estação do ano, merece a visita.

Todo esse roteiro pode ser feito a pé com bastante disposição, claro, mas Madrid pode ser facilmente acessada via transporte público, incluindo o metrô. É justamente usando o metrô, que se chega às atrações turísticas mais distantes do centro de Madrid, como a Plaza de Toros de Las Ventas e o Estádio Santiago Bernabéu, acessíveis pelas estações Ventas (linha 2 e linha 5) e Santiago Bernabéu (linha 10), respectivamente. Ambos locais realizam tours. 

Para conhecer a emblemática arena de toureio de Las Ventas, é possível fazer uma visita turística com um audioguia disponível em 8 idiomas ou com guia privado. Já o Tour Bernabéu leva os visitantes para dentro do campo de futebol, nos vestiários dos jogadores e permite ver o estádio do Real Madrid a partir da tribuna presidencial. Eu não cheguei a visitar, mas quem é amante de futebol, não pode deixar de fora do roteiro de Madrid.

Outra grande paixão dos espanhóis é o flamenco. Conheça locais com shows de flamenco em Madrid e aprecie mais uma opção cultural na capital.

Madrid também é um excelente ponto de partida para quem quer conhecer o Sul da Espanha. Nós fomos de trem para Sevilha e Granada, mas o Edson fez um roteiro de 15 dias de carro pelo sul da Espanha, que vale a pena se inspirar.

Leo Vidal
Carioca, biólogo, apaixonado por música, filmes e sempre disposto para novas viagens. Compartilha suas dicas de viagem há mais de 5 anos, sempre antenado ao melhor da gastronomia e hotelaria.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *