Roteiro de Viena
Viena

Roteiro de Viena, a cidade de Mozart e Sissi

Capital da Áustria, Viena é considerada a cidade de Mozart e Sissi. O primeiro, grande compositor, enquanto a segunda, importante figura política na época dos Habsburgos. Um roteiro de Viena deve incluir uma visita a casa desses dois ícones, mas também a outros locais igualmente interessantes.

Como chegar a Viena

Apesar de não ter voo direto do Brasil para a cidade, o acesso a Viena é fácil através de voos a partir de diversas cidades da Europa. Contudo, Viena está normalmente inserida em um roteiro pelo leste europeu. Por isso, utilizar a malha ferroviária é uma alternativa para chegar à capital austríaca.

Foi justamente o que fiz em 2013, saindo de Praga no trem da companhia austríaca ÖBB. Os bilhetes emitidos pela Sparschiene Österreich e Sparschiene Europa são uma maneira particularmente acessível de viajar. Como esses bilhetes são liberados em blocos, eles devem ser reservados o mais cedo possível (até seis meses antes da partida).

Reserve seu hotel em Viena aproveitando os melhores preços

Roteiro de Viena em 3 dias

Para conhecer Viena, o ideal é reservar 2 dias inteiros para a cidade. No entanto, esse roteiro pode ficar apertado e cansativo. Por isso, sugiro separar 3 dias para conhecer os principais atrativos de Viena. Lembrando que eu estive em Viena durante o verão. Nos meses de inverno, pode ser preciso incluir mais dias em seu roteiro de Viena, por conta do frio.

Certamente você encontrará muitas “Sissis” pelas ruas do centro de Viena, o que às vezes se torna até um pouco inconveniente. Mas para vivenciar mesmo o espírito do antigo império austríaco, é preciso separar um dia para conhecer o Palácio de Schönbrunn. Foi lá que Sissi viveu e além de fazer o tour audio-guiado pelo interior do palácio, se perca pelos jardins. Dessa forma, poderá conhecer o Jardim Zoológico de Viena, o Labirinto de plantas, os Jardins Privados de Meidling, entre diversas esculturas e construções de importância histórica.

1 dia pelo centro de Viena

Enquanto Schönbrunn servia como residência imperial de verão para os Habsburgos, o Palácio Imperial de Hofburg era a residência oficial. Localizado no centro de Viena, as visitações incluem conhecer o Sissi Museum, totalmente dedicado à imperatriz. Mas as atrações no centro de Viena vão muito além do Palácio de Hofburg.

Talvez a mais emblemática seja a catedral dedicada a Santo Estevão, Stephansdom, apesar de eu ter achado a Karlskirche – igreja dedicada a São Carlos Borromeo – mais bonita. Com tempo, separe uma noite para assistir um espetáculo na memorável Ópera de Viena. Vale consultar a programação e comprar o ingresso no escritório de Turismo que fica na Albertinaplatz. E como disse acima, a cidade respira Mozart e uma atração imperdível é visitar a casa que foi do compositor, Mozarthaus Vienna.

Mozarthaus no roteiro de Viena
Visita à Casa de Mozart em Viena

Em contato com a natureza, aproveite para caminhar pelo Stadtpark, parque urbano de Viena. Mais uma vez a música clássica invadirá seu roteiro, já que o parque abriga esculturas em homenagem a grandes compositores, como Strauss e Schubert.

O que conhecer no 3º dia do roteiro de Viena

E falando em natureza, por que não aproveitar um momento à beira de um dos rios mais famosos da Europa, o Danúbio? Não tão azul como a música diz, durante o verão é comum que os turistas e vienenses dividam espaço à beira do rio para pegar sol, tomar um drink e aproveitar o calor, que é bem forte na cidade nessa época.

Uma sugestão é conhecer o Motto am Fluss, que fica na Schwedenplatz. Como se fosse uma lancha pairando pelo Danúbio, o local funciona como uma estação de ancoradouro para o Liner Twin City, onde funciona um restaurante no primeiro andar. Os móveis lembram o estilo veneziano dos anos 50com bancos e mesas de pernas angulosas e finas, típicas da época. No segundo andar está o Café Motto, juntamente com um grande terraço. O restaurante tem menus fixos na hora do almoço, mas é ótima opção para tomar um drink ou até café da manhã.

Mudando de assunto, outra personalidade muito famosa em Viena é Sigmund Freud. Um pouco mais afastado do centro, o consultório onde o psicanalista atendia seus pacientes, hoje se transformou em um museu aberto à visitação. Aproveite a ida até lá e conheça outras atrações fora do centro de Viena, como a Igreja Votiva e o Rathaus – a Prefeitura de Viena. Em direção oposta, mas ainda afastado do centro, está um dos parques de diversão mais famosos da Europa, o Prater. É lá que está a icônica roda gigante que já apareceu em filme de James Bond e o museu de cera Madame Tussauds.

Bônus no Roteiro de Viena – Bratislava

Sobrando tempo, inclua a Bratislava no seu roteiro e Viena. A proximidade entre as duas cidades é perfeita para fazer um bate-volta para conhecer a capital da Eslováquia. Várias empresas vienenses oferecem esse bate-volta até a Bratislava. No que eu escolhi, fui até lá de ônibus e voltando de barco pelo Danúbio, que sem dúvida foi um super programa.

Leo Vidal
Carioca, biólogo, apaixonado por música, filmes e sempre disposto para novas viagens. Compartilha suas dicas de viagem há mais de 5 anos, sempre antenado ao melhor da gastronomia e hotelaria.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *