Stadtpark em Viena
Viena

O que conhecer no Stadtpark em Viena

Como muitas grandes cidades e capitais, Viena apresenta uma área verde em seu parque urbano, o Stadtpark. O nome significa “Parque da Cidade”. Além de atrair turistas que visitam a cidade, o Stadtpark em Viena é também área de lazer dos vienenses.

Com aproximadamente 65 mil m², o parque tem projeto de Joseph Sellény e Rudolf Seebeck. A abertura oficial foi em 20 de agosto de 1862. O rio Wienfluss divide o parque em duas partes, com construções de pontes como a Karolinenbrücke para conecta-las. 

Em 1863, adicionou-se uma área de recreação infantil. Atualmente, o Stadtpark de Viena oferece uma paisagem constante e diversos monumentos interessantes. Além disso, abriga um restaurante estrelado, o Steirereck. Certamente uma ótima experiência gastronômica em Viena.

Como chegar ao Stadtpark em Viena

O Stadtpark em Viena está localizado entre o Parkring no 1º distrito e o Heumarkt no 3º distrito. Por isso, quem está hospedado no centro de Viena, provavelmente chegará ao parque a pé. Entretanto, a forma mais fácil é chegar de metrô, saltando nas estações Stadtpark (linha verde U4) ou Stubentor (linha amarela U3).

Faça reserva do seu hotel em Viena

Monumentos para conhecer no parque

Talvez o mais famoso monumento do Stadtpark em Viena seja o em homenagem a Johann Strauss, considerado o mais fotografado da cidade. A estátua de bronze coberta em ouro do compositor austríaco foi inaugurada em 26 de junho de 1921, feita por Edmund Hellmer. Na ocasião, a Orquestra Filarmónica de Viena tocou a valsa “Danúbio Azul”, uma das composições mais famosas de Strauss. 

Outros monumentos em homenagem aos compositores Franz Lehar e Franz Schubert, assim como Anton Bruckner, Robert Stolz e Sebastian Kneipp também podem ser encontrados espalhados pelo parque.

Monumentos do Stadtpark em Viena
Monumentos do Stadtpark em Viena

Anteriormente um pavilhão no qual se servia água mineral com propriedades curativas, o Kursalon é um prédio de estilo renascentista italiano construído em 1867 por Johann Garden. Atualmente, o Kursalon mantém a tradição de ser um local popular para concertos e eventos de música, tão tradicionais em Viena. Há também um café e restaurante funcionando em seu interior, enquanto o terraço está aberto a partir das 11h de abril a setembro.

Por fim, em frente ao Kursalon, no canto sudoeste do Stadtpark, encontra-se um lindo Relógio de Flores (Blumenuhr), que chama atenção por sua aparência. Flores exóticas compõem este relógio, que está exposto apenas durante os meses mais quentes. Todos os anos, selecionam-se as plantas do relógio de flores cuidadosamente não apenas por cores, mas também por altura. Dessa forma, conferindo um volume à obra.

Sem dúvida, vale a pena separar uma hora de seu roteiro para caminhar pelo Stadtpark em Viena. Em especial nos dias de primavera e verão, quando está bem florido e vívido.

Leo Vidal
Leo Vidal
Carioca, biólogo, apaixonado por música, filmes e sempre disposto para novas viagens. Compartilha suas dicas de viagem há mais de 5 anos, sempre antenado ao melhor da gastronomia e hotelaria.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *