Como conhecer as Cataratas do Iguaçu
Foz do Iguaçu

Cataratas do Iguaçu: como conhecer essa maravilha da natureza

Eleita uma das Sete Novas Maravilhas da Natureza em 11 de novembro de 2011, conhecer as Cataratas do Iguaçu é o principal passeio para quem visita Foz do Iguaçu. Além desse título mais recente, as Cataratas do Iguaçu, que ficam na fronteira entre Brasil e Argentina, detêm o recorde de maior queda d’água em volume do mundo. Só quem já visitou reconhece a imponência que elas passam aos turistas. Na nossa viagem a Foz, visitamos tanto o lado brasileiro, quanto o lado argentino. Contamos aqui todos os detalhes para visitar o lado brasileiro das Cataratas.

Parque Nacional do Iguaçu

Antes de mais nada, é bom saber que a parte brasileira das Cataratas do Iguaçu está dentro do Parque Nacional do Iguaçu (PNI). Criado em 1939, administrado pelo ICMBio e considerado Patrimônio Natural da Humanidade desde 1986. Unido pelo rio Iguaçu ao Parque Nacional Iguazú da Argentina, ele integra o mais importante contínuo biológico do Centro-Sul da América do Sul. O Parque está aberto diariamente, das 9h às 17h e pode ser visitado durante o ano todo. No entanto, os meses de menor fluxo de visitantes são junho e julho, devido ao clima mais frio.

As Cataratas do Iguaçu são formadas pelas águas do Rio Iguaçu (em tupi-guarani significa água grande) que percorrem 1320 km até a sua foz, na cidade de Foz do Iguaçu. O rio Iguaçu nasce na parte leste de Curitiba, desaguando no rio Paraná, na Bacia do Prata e suas águas se dispersam por cerca de 275 cachoeiras (ou saltos), cuja altura varia entre 60 e 82 metros. A origem das Cataratas data de cerca de 150 milhões de anos atrás.

FAÇA SUA RESERVA DE HOTEL EM FOZ DE IGUAÇU POR AQUI E GARANTA OS MELHORES PREÇOS

Como visitar as Cataratas do Iguaçu em Foz do Iguaçu

Anteriormente, comentei no post do Parque das Aves que aconselho conciliar as duas atrações no mesmo dia, já que uma fica em frente à outra. Como visitamos o santuário das aves pela manhã, deixamos o Parque Nacional do Iguaçu para após o almoço.

Logo na entrada várias pessoas tiram foto com a placa em bronze de cerca de 300 quilos, reconhecendo as Cataratas como uma das Sete Novas Maravilhas da Natureza. Nela está a seguinte inscrição: “Cataratas do Iguaçu é uma das Sete Novas Maravilhas da Natureza, eleita em campanha de votação internacional pela internet e por telefone, marcando o início do terceiro milênio e celebrando a diversidade da natureza”. 

Entrada do Parque Nacional do Iguaçu
Entrada do Parque Nacional do Iguaçu

A votação iniciou-se no dia 21 de julho de 2009 e foi encerrada no dia 11 de novembro de 2011. Juntando-se às Cataratas do Iguaçu, outras 6 maravilhas da natureza. A Floresta Amazônica, Baía de Ha Long (Vietnã), Ilha Jeju (Coreia do Sul), Komodo (Indonésia), Rio Subterrâneo Puerto Princesa (Filipinas) e Montanha da Mesa (África do Sul).

Centro de Visitantes: onde tudo começa

A visita às Cataratas do Iguaçu começa no Centro de Visitantes do PNI. Ali estão as bilheterias físicas para comprar ou trocar o ingresso comprado na internet. Além disso, máquinas de auto-atendimento em três idiomas (português, inglês e espanhol) ajudam a evitar filas. O bilhete que você recebe vem com o horário de saída do ônibus e o número do seu grupo. Brasileiros têm desconto no ingresso para o Parque Nacional do Iguaçu, assim como turistas argentinos, paraguaios, uruguaios e venezuelanos têm desconto.

Bilheteria Parque Nacional do Iguaçu
Bilheterias do Parque Nacional do Iguaçu

A organização não só no Parque Nacional, mas em todas atrações turísticas de Foz do Iguaçu, foi algo que me chamou a atenção. A cidade certamente está preparada para receber os turistas. Por isso, segundo me falaram, só perde para o Rio de Janeiro como destino visitado no Brasil.

O ônibus sai da estação Centro de Visitantes no horário indicado no bilhete em direção à estação final Espaço Porto Canoas. Ele faz quatro paradas durante o percurso, que é circular. As paradas são, na ordem: Administração do PNI; Trilha do Poço Preto; Macuco Safari e Trilha das Cataratas. Fomos direto para a Trilha das Cataratas que é um percurso de 1.200 metros de caminha moderada com vista panorâmica do conjunto de quedas d’água que formam as Cataratas do Iguaçu.

Mirantes para as Cataratas do Iguaçu

No percurso, existem mirantes de contemplação que permitem lindas fotos. Durante o passeio, vários quatis cortam nosso caminho. É super incentivado que não alimentem os animais para evitar que eles mordam (afinal são selvagens) e que eles comam outras coisas que não seu alimento natural.

Mirante das Cataratas do Iguaçu
Mirantes das Cataratas do Iguaçu

Logo após percorrer toda a trilha, a grande atração e mais emocionante é o acesso à Garganta do Diabo. Essa deslumbrante queda tem aproximadamente 90 metros de altura. A força e volume da água são tão grandes que é aconselhável ir de capa de chuva, caso não queira se molhar. E sim, molha MUITO! Mas sinceramente, é muito bom. Eu fui com uma capa que peguei lá na hora deixada por outras pessoas e ainda assim me molhei bem. Sem dúvida, foi ótimo porque foi como se estivesse renovando as energias. 

Garganta do Diabo nas Cataratas do Iguaçu
Garganta do Diabo

Em seguida, pegamos um elevador que nos levou para o mirante, de onde podemos sentir a pressão e ouvir o barulho da queda d’água a partir da formação superior das Cataratas do Iguaçu. Por fim, ao sair, nos deparamos com uma estátua de Santos Dumont em uma pequena praça. Já no caminho para pegar o ônibus que nos levaria de volta para nossa próxima aventura nas Cataratas, o Macuco Safari.

Outros passeios nas Cataratas do Iguaçu

Não fizemos a Trilha do Poço Preto, mas ela é uma trilha de ecoaventura de 9km que pode ser percorrida a pé, apreciando a fauna e flora do parque, acompanhado de guias. O passeio leva até a lagoa do Poço Preto e termina em um passeio de barco até a Ilha da Taquara. Há opção de passeios de caiaque. 

Quem preferir comer dentro do Parque, o Restaurante Porto Canoas, que fica na última estação do ônibus, oferece sistema de buffet com vista do rio Iguaçu e a formação superior das Cataratas. Foi uma emoção enorme presenciar a força da natureza representada nas águas do rio desembocando nas Cataratas do Iguaçu. Um momento que ficará registrado para sempre na minha memória.

Endereço: Rodovia BR 469 – KM 22,5 – Parque Nacional do Iguaçu – Foz do Iguaçu – Tel.: (45) 3521-8383

Leo Vidal
Carioca, biólogo, apaixonado por música, filmes e sempre disposto para novas viagens. Compartilha suas dicas de viagem há mais de 5 anos, sempre antenado ao melhor da gastronomia e hotelaria.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *