Museus em Bruxelas
Bruxelas

8 Museus em Bruxelas para todos os gostos

Além do Museu dos Quadrinhos em Bruxelas, a capital belga exibe diversos museus de arte e sobre outros temas. Infelizmente eu não tive tempo para visitar todos, mas faço aqui uma compilação dos principais museus em Bruxelas para todos os gostos.

Museus Reais de Belas Artes

Primeiramente, os Musées Royaux des Beaux-Arts de Bruxelas apresentam grandes nomes da história da arte. É um complexo que se divide em quatro museus. Primeiramente destacamos o Musée Oldmasters Museum que abrange obras dos séculos XV a XVIII.

Já o Musée Modern Museum abrange obras modernas e contemporâneas dos séculos XVIII até os dias de hoje. É nesse museu que se encontra, por exemplo, o famoso quadro “Marat” de Jacques-Louis David. A obra retrata a morte do revolucionário francês morto na banheira por uma militante política (sala 55).

O Musée Fin-de-Siècle Museum abrange obras de 1868 a 1914 em diversas áreas da arte. Por fim, o Musée Magritte abrange uma grande coleção do artista surrealista belga René Magritte. Sem dúvida, uma forma imperdível de apreciar de perto o trabalho desse artista.

Cada museu tem ingressos vendidos separadamente, porém se a intenção for visitar todos, existe um combo que permite visitação de todos os quatro museus. Os museus não abrem às segundas-feiras.

Endereço: Rue de la Régence, 3 – perto da Place Royale

Faça reserva do seu hotel em Bruxelas

Museu dos Instrumentos Musicais

Musée des Instruments de Musique possui uma coleção de antigos a modernos instrumentos musicais. O visitante pode ouvir o som real de cada um com auxílio de fones de ouvido em uma visita guiada que usa um sistema semelhante a um iPad. A visita já está incluída no ingresso.

O museu está localizado em uma clássica loja de departamentos em estilo Art Nouveau, chamada Old England (foto de capa). Concluído em 1899 em estrutura de ferro e vidro, apresenta uma fachada bem bonita. O museu ocupa quatro dos dez andares do prédio.

O subsolo é dedicado a instrumentos mecânicos, enquanto o 1º andar é dedicado aos instrumentos folclóricos. Os instrumentos musicais ocidentais, de corda e teclados estão exibidos nos 2º e 4º andares. Há uma loja no 3º andar e o restaurante no piso superior proporciona ao visitante uma das melhores vistas de Bruxelas. Aberto de 3ª a domingo.

Endereço: Rue Montagne de la Cour, 2 – metrô Gare Centrale ou Parc

Museu dos Brinquedos

Musée du Jouet é um sinônimo de diversão e entretenimento para crianças e onde adultos voltam a ser crianças. Uma viagem nostálgica exposta em mais de 150 vitrines que reúnem brinquedos de todas as épocas e locais. O visitante pode manusear desde um trem elétrico a grandes cozinhas de brinquedo para crianças de todas as idades. Certamente um dos museus em Bruxelas para levar seu filho. Todo primeiro domingo do mês a entrada é gratuita.

Endereço: Rue de l’Association, 24 – metrô Madou ou Botanique

Musée Horta

Em seguida, vale conhecer a antiga residência e local de trabalho de Victor Horta. Esse museu evidencia bem a arquitetura art nouveau tão difundida pelo artista. Esse estilo artístico mistura ferro batido, vitrais, mosaicos e madeira para formar peças curvilíneas e esculturas. Muitas vezes essas peças foram utilizadas por ele em projetos de edifícios comerciais. Aberto de 3ª a domingo, a partir das 14 hs. A manhã é reservada para visitas de grupo previamente agendadas.

Endereço: Rue Américaine, 25

Musée Charlier

Por fim, para os amantes de mobiliários antigos, o Museu Charlier ocupa o interior de uma grandiosa mansão do século XIX. O local foi onde viveu o escultor Guillaume Charlier. Dessa forma, a mansão concentra a vanguarda de Bruxelas. Está aberto de 2ª a 6ª feira.

Endereço: Avenue des Arts, 16 – metrô Arts-Loi ou Madou

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *