Dia do Macarrão
ESPECIAIS GASTRONOMIA

Dia do Macarrão: onde comemorar a data no Rio

Dia 25 de outubro é comemorado o Dia do Macarrão, uma das iguarias mais populares no mundo. As massas nunca saíram de moda, pelo contrário, ganharam recheios e molhos diversos, além de diferentes formatos. Inclusive a massa fresca artesanal vem ganhando cada vez mais espaço entre os restaurantes, sejam eles italianos ou não. Se ligue nesse roteiro de onde comer macarrão no Rio de Janeiro e aproveite a data.

Macarrão em diversos formatos

No Bagatelle o destaque fica para o delicioso Pâtes Fraiches Aux Deux Saumons. Massa fresca feita na casa, acompanhada de salmão grelhado, creme fresco, salmão defumado e ovas de salmão (R$ 72).

O Bota, restaurante italiano na Marina da Glória, possui opções de massa, como o Spaghettone com creme de berinjela defumada, tomatinhos e ricota curada (R$59).

O peruano Moray, que fica no Jardim Botânico, também apresenta sugestões de massas típicas do país, como o Tallarine, um fettuccine ao molho da casa a base de shoyu, acompanhado por cebolas, pimentão, cebolinha e tomate. Servido em cinco sabores: frango (R$25), carne (R$29), misto (frango e carne – R$28), mariscos (R$35) e vegetariano (R$27).

No La Villa, em Botafogo, um dos pratos principais do menu é o fettuccine aos frutos do mar. A massa é servida com mexilhões, camarões, lula, manteiga de ervas, tomate e manjericão (R$ 65).

O tradicional spaguetti com camarões ao sugo (R$52) é a pedida do Bar Leblon. Na casa, a iguaria é servida com tomate seco, azeitonas pretas, pignoles e manjericão.

Já o Espaço 7Zero6 no hotel Praia Ipanema aposta em Linguini e Camarões grelhados com molho bisque, gengibre e pimenta dedo de moça (R$ 115).

Não por acaso, o carbonara (R$68) assinado pela chef Heaven Delhaye, é um dos campeões de venda do Chez Heaven Bistrot. O espaguete finalizado à mesa é flambado ao cognac no parmesão Grand Mestri de 32kg com uma deliciosa farofa de brioche e gema de ovo caipira. Já no Heaven Cucina a sugestão é o espaguete alla chitarra (R$79). Trata-se de um espaguete de massa fresca feita na chitarra, com camarão VM e polvo, grelhados ao molho pomodoro basílico.

Massas recheadas

Le Vin Bistrô, com casas em Ipanema e Barra, tem como sugestão de entrada do seu cardápio, o ravioli de camarão com molho de limão (R$ 64). Na ala dos principais, ravioli de muçarela (R$ 52,80) e ravioli de pato (R$ 59).

O Aprazível, em Santa Teresa, apresenta o Ravioli Veraneio preparado com massa de espinafre, ricota, mussarela de búfala, castanha, molho de tomate e manjericão (R$68).

O Kitchen Café, na Gávea, tem em seu cardápio uma massa vegetariana, o ravióli de mussarela de búfala com molho pomodoro e manjericão (R$30,80).

No Alessandro e Frederico, em Ipanema, a sugestão é o ravioli de mozzarella de búfala com molho de tomate fresco e pesto de manjericão (R$ 55).

Nas saladas

No cardápio do Delfina, com unidades no VillageMall e Shopping da Gávea, a massa entra na seção de saladas. A salada italiana, por exemplo, leva massa integral, muçarela, tomate levemente assado, manjericão e molho pesto (R$ 24).

Festival especial para o Dia do Macarrão

Por fim, o restaurateur italiano Nicola Giorgio trouxe de sua terra natal receitas típicas para seus restaurantes Olivo e D.O.C Ristorante, ambos na Barra da Tijuca, que ficam em cartaz até dia 03 de novembro. Nas duas casas, os pratos individuais custarão R$ 69 e o menu contempla uma sobremesa do dia. 

No Olivo, os comensais da tradicional casa italiana poderão desfrutar do Festival de Talharim. A clássica massa é preparada artesanalmente e ganha o saboroso reforço de molhos como o de quatro queijos com creme de trufa negra. Outra ótima opção é o talharim à Sorrentina, molho tradicional da cidade de Sorrento, que fica na lindíssima Costa Amalfitana, feito com tomate fresco, mozzarella de búfala e pesto de manjericão em crosta de pão. Figura ainda no festival a suculenta massa acrescida de ragu de cordeiro. Também se destaca como excelente opção o talharim com frutos do mar.   

Já no repaginado D.O.C Ristorante, Nicola elegeu o fettuccine artesanal para brilhar no festival da casa. Entre as opções está o cremoso fettuccine aos quatro queijos e creme de trufa negra. Também criado especialmente para o menu, o fettuccine à Sorrentina. Outra estrela da temporada é o fettuccine com ragu à bolonhesa, por exemplo. Já para os fãs de frutos do mar, a sugestão é experimentar a massa com camarões e rúcula.

Preços cedidos pelos estabelecimentos em outubro de 2019

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *