Brasília

Um tour pela Catedral Metropolitana de Brasília

A Catedral Metropolitana de Brasília, dedicada a Nossa Senhora Aparecida, foi projetada por Oscar Niemeyer e recebeu esse nome pois foi consagrada em 12 de outubro de 1967, dia da padroeira de Brasília e do Brasil. Inaugurada em 31 de outubro de 1970, a catedral é um dos marcos turísticos da cidade e foi tombada como obra de arte em 1º de junho de1967 e como monumento arquitetônico em 1991.

A planta circular, com 6 metros de diâmetro, é definida por 16 pilares curvos. Em seu interior, abriga pinturas de Athos Bulcão e Emiliano Di Cavalcanti, além de vitrais de Marianne Peretti. O altar e a cruz no topo da edificação foram doados pelo Papa Paulo VI. O batistério e o campanário completam o conjunto.

Para acessar a nave da igreja, desce-se uma rampa que leva ao subsolo. Ao entrar é possível observar estátuas de anjos que estão presas à laje do teto, como se estivesse voando sobre a nave. No interior também tem uma réplica da Pietá de Michelangelo, uma estátua de Dom Bosco e a cruz de madeira que data da primeira missa rezada na capital em 1957.

Na área externa, estão quatro estátuas de bronze esculpidas por Alfredo Ceschiatti e Dante Croce, cada uma com três metros de altura, posicionadas à esquerda e à direita da entrada principal do Templo. Representam os quatro Evangelistas – Mateus, Marcos, Lucas e João – e o pergaminho que trazem à mão os identifica como os primeiros registradores da história de Jesus Cristo na Terra.

Ainda parte do conjunto arquitetônico da Praça de Acesso, à esquerda de quem entra situa-se a Cúpula do Batistério – uma construção de concreto armado, de forma ovoide, que protege e complementa o interior da Capela onde se realizam os batizados. Uma escada de mármore liga a parte externa do Templo ao Batistério, o que permite acesso direto a este, sem que seja necessário passar pela nave da igreja.

Situado à direita de quem entra, o Campanário apresenta-se de forma inovadora e ousada. Criado por Niemeyer para ser a Torre da Catedral, foi inaugurado em 1977. Mede 20 metros de altura e suporta quatro sinos de bronze, doados pelo Governo da Espanha. Três deles – Santa Maria, Pinta e Nina –, lembram as Caravelas de Cristóvão Colombo na descoberta da América. O quarto – Pilarica – é uma homenagem a Nossa Senhora do Pilar, muito cultuada naquele país. Desde 1987, controlados eletronicamente, os sinos tocam às 06h, às 12h e às 18h.

2 thoughts on “Um tour pela Catedral Metropolitana de Brasília

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *