Osaka

Umeda Sky Building: Osaka vista de cima

Com a restauração da estação de Osaka, a área de Kita recebeu várias lojas de departamentos, atraindo moradores e turistas. No bairro de Umeda, está uma atração turística, talvez a segunda mais visitada da cidade, o Umeda Sky Building (Edifício Umeda Sky), de onde se tem uma bela vista de Osaka.

Considerada por muitos uma estrutura futurista, o edifício Umeda Sky é uma construção de arquitetura moderna, projetado por Hara Hitoshi. Consiste em duas torres de 40 andares que se conectam em suas partes mais altas, por meio de pontes e uma escada rolante cruzando o amplo espaço do átrio ao centro. Essa estrutura é considerada o Arco do Triunfo de uma era espacial. O Umeda Sky possui 173 metros de altura, começou a ser construído em 1988 e foi inaugurado em 2 de julho de 1993. Em maio de 2008, foi entitulado pela britânica The Times como parte do Top 20 Buildings Around the World, figurando entre o Taj Mahal e o Parthenon.

A entrada é pelo prédio “Fun Fun Plaza” com restaurantes no subsolo (B1), cinemas nos 3º e 4º andares, mas a grande atração é o observatório. O elevador leva até o 35º andar, onde é comprado o ingresso de acesso ao topo do Umeda Sky que custa ¥1.000 (aproximadamente USD 10). É neste andar que está uma lojinha de souvenires, o restaurante Stardust e um ponto de observação para quem não quer pagar o ingresso de acesso ao topo do prédio.

A partir dali, o acesso ao 39º andar é feito por uma grande escada rolante panorâmica, dentro de um túnel em formato de tubo. Esta, inclusive, é a maior escada rolante do mundo. Em todos os lugares li que quem sente vertigem ou sofre de claustrofobia deve evitar, mas eu sinceramente não tive problema algum, apesar de ser meio claustrofóbico para alguns locais. O 39º andar é um grande ponto de observação em 360 graus envidraçado, com áreas para os turistas se sentar e apreciar a vista de lá. Quem quiser pode fazer um lanche, mas nem se anime, porque a lanchonete é bem fraca e serve apenas sorvete, cachorro quente e bebidas.

No mesmo andar, uma sala conta através de um vídeo a história do sonho de construir o edifício Umeda Sky e como foi realizada sua construção na exposição áudio-visual: “Dreams of Skygardens: Past, Present, Future”. Mas o que eu achei mais interessante é uma exposição de fotografias entitulada “World Towers and Extra-Terrestrial Architecture” que mostra grandes torres ao redor do mundo em diversas épocas, desde às primeiras civilizações e vislumbrando o futuro no espaço.

No 40º andar, o ponto de observação em 360 graus é ao ar livre, ou seja, totalmente aberto, sem vidros. Também conhecido como Floating Garden Observatory, em português Observatório do Jardim Flutuante, o acesso se dá por meio de escada, mas tem também um elevador para quem tem dificuldade de locomoção. Este sem dúvida é o melhor local para uma excelente vista da cidade e foi de lá que tive a oportunidade de assistir mais um pôr-do-sol no Japão.

Ainda neste observatório, uma pequena área para os apaixonados, a Heart Lock, com suas grades tomadas por cadeados que selam e unem o amor dos casais. Quem não levar seu cadeado, pode comprar um personalizado no 39º andar no quiosque Lovers’ Story. Na mesma área, algo que achei o máximo são duas cadeiras estilizadas onde os casais sentam e podem posicionar a câmera atrás de um coração e fazer uma foto diferente.

Justamente por ser um ótimo ponto de observação, recomendo subir ao final da tarde para apreciar o pôr-do-sol a partir do observatório do 39º ou 40º andar. À noite, o chão do Jardim Flutuante se ilumina, tornando o local ainda mais bonito. Quem quiser comer por ali, o subsolo do prédio abriga vários restaurantes em um ambiente que recria uma Osaka dos anos 20.

Aberto das 10h às 22h30, com última entrada às 22h.

Endereço: 531-0071 Ōsaka-fu, Ōsaka-shi, Kita-ku, Nakatsu, 7 Chome−4−5

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *