Tóquio

Hotel Sunroute Plaza Shinjuku: onde ficar em Tóquio

Após dar a volta por várias cidades do Japão, retornei a Tóquio nos últimos dias e optei por me hospedar em outra área da cidade, em Shinjuku. Mais uma vez, minha prioridade foi a localização e o Hotel Sunroute Plaza Shinjukufica bem próximo à estação de trem do distrito.

A estação de Shinjuku é considerada a estação de trem mais movimentada do mundo e a partir dela saem e chegam diversos trens para outras cidades do Japão. Além de um vasto comércio funcionar nos seus arredores, se hospedando ali por perto, provavelmente você poderá explorar o distrito de Shinjuku a pé. Por esse motivo, nossa escolha foi o Hotel Sunroute Plaza Shinjuku, a 400 metros (9 minutos a pé) da saída da estação de trem. Bem ao lado do hotel também está a entrada para o metrô das linhas Shinjuku e Keio-Shin.

A cadeia de hotéis Sunroute possui hotéis espalhados por várias cidades japonesas e esse foi mais um motivo que nos fez optar pelo hotel. A recepção bem decorada e moderna é ampla e conta com a “ajuda” de Pepper, um robô que dá informações e dicas na área. O grande problema é que ele entende apenas o japonês e poucas palavras em inglês. De qualquer forma, é uma atração para as crianças. Ainda na recepção, máquina para troca de dinheiro, computadores e algo que achei um diferencial e que todo hotel deveria ter, uma balança para pesar as malas.

O check-in foi bem tranquilo, apesar de não muito “calorosos”, os recepcionistas foram atenciosos, nos ajudando a reservar um restaurante na cidade e também para agendar o ônibus para nos levar para o aeroporto. Guarda-chuvas estão à disposição dos hóspedes e nós usamos muito, já que pegamos um tufão durante essa nossa segunda passagem por Tóquio. No lobby também fica o restaurante Villazza, onde é servido o café da manhã, que não estava incluído em nossa reserva e no 2º andar fica o bar KuKon. Não fizemos nenhuma refeição no hotel.

Nosso quarto foi o Duplo Economy para não fumantes (este hotel também possui quartos para fumantes). O quarto era bem simples, no padrão dos quartos de hotel japoneses, com 16m². A cama básica, porém os travesseiros um pouco duros, tive que pedir para trocar o meu por um mais macio. Algo muito bom foi o isolamento acústico, o ar condicionado e a cortina que mantinha o quarto bem escuro mesmo pela manhã. A internet wi-fi é gratuita para múltiplos aparelhos e funcionou bem no quarto, com picos de instabilidade. O hotel também oferece yukata e pantufas.

No móvel em frente à cama, funciona uma área de trabalho, onde estão também a televisão de tela plana, chaleira elétrica com chá e café solúvel de cortesia e uma geladeira bem fraca. As garrafas de água de cortesia demoravam a gelar. O banheiro era funcional, seguindo o padrão básico dos hotéis com chuveiro dentro da banheira. Mais uma vez senti falta de um blindex no lugar da cortina de plástico. Disponível e repostos, kit de higiene pessoal e bucal, além de secador de cabelo.

O hotel foi bem funcional e atendeu às nossas necessidades básicas nos últimos dias que passamos em Tóquio. A localização próximo às estações de trem e metrô e ao centro comercial de Shinjuku, certamente fizeram a diferença. Se tiver a intenção de se hospedar em Shinjuku, recomendamos o Sunroute Plaza, levando em consideração que não é um hotel luxuoso, apesar de parecer pela recepção. Quem sabe optando por um quarto de categoria superior, essa experiência seja completa.

Endereço: 151-0053, Tokyo – Shibuya Ward, Yoyogi 2-3-1 – Tel.: +81 3-3375-3211

Leo Vidal
Leo Vidal
Carioca, biólogo, apaixonado por música, filmes e sempre disposto para novas viagens. Compartilha suas dicas de viagem há mais de 5 anos, sempre antenado ao melhor da gastronomia e hotelaria.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *