Heineken Experience Amsterdam
Amsterdam

Heineken Experience em Amsterdam

Amsterdam é famosa por muitas coisas, mas uma em específico é quase que unanimidade, a cerveja. E nada melhor do que conhecer um museu que conta a história de uma das marcas mais populares da Holanda. Além disso, ver como é feita e degustá-la no Heineken Experience em Amsterdam.

O local é considerado um museu da Heineken, mas acho que vai muito mais além, já que é todo interativo, fazendo jus ao termo “Experience”. Tive essa experiência na minha primeira vez em Amsterdam em março de 2011. O local não fica no centro de Amsterdam, mas a apenas 11 minutos a pé da Museumplein, uma das principais praças de Amsterdam.

Entrada Heineken Experience em Amsterdam
Entrada do Heineken Experience

Visita ao Heineken Experience em Amsterdam

Compramos nosso ingresso na hora. Como era inverno estava bem tranquilo, mas se você for no verão, aconselho entrar no site e comprar com antecedência para evitar filas. Ao pagar o ingresso, o visitante recebe uma pulseira com dois “botões” que serão trocados ao final do tour no bar por cerveja. Ou seja, seu ingresso dá direito a degustar dois chopes Heineken. Depois de trocados os botões você pode levar a pulseira como recordação da sua experiência.

Logo no hall de entrada já vemos um mapa da distribuição da Heineken por vários países, além de um painel de boas-vindas em várias línguas, incluindo o português. Nas primeiras salas está o museu em si.

Reserve seu hotel em Amsterdam e garanta bons preços

História da Heineken

A história da Heineken é contada por meio de fotos, antigos pôsteres comerciais da cerveja e até um vídeo que mostra a Heineken como um negócio de família. Um pouco da história é que em 1869, Gerard Adriaan Heineken comprou o prédio onde hoje funciona o museu, transformando-o na primeira cervejaria Heineken. Ela funcionou como cervejaria até 1988, sendo que em 2001, passou a ser o Heineken Experience.

Pelas salas do museu ainda podemos ver as primeiras garrafas comercializadas pela cervejaria, bem como os diferentes logos ao longo do tempo. Até alguns troféus recebidos estão expostos.

Museu da Heineken
Museu da Heineken

Produção da cerveja

Passada a parte histórica, chegamos na parte da produção da cerveja. Em uma sala com grandes tonéis, conhecemos os ingredientes que compõem a cerveja. Podemos provar e tocar nos ingredientes “crus” – cevada e lúpulo. Nos tonéis temos água, cevada, lúpulo e a levedura (“A”) exclusiva da Heineken, desenvolvida por H. Elion que foi aluno de Louis Pasteur. Essa levedura diferenciada é dita como o ingrediente que garante o sabor exclusivo da Heineken.

Em seguida, entramos em um salão grande com imensos tonéis onde era produzida a cerveja logo no início da cervejaria. Nessa sala de produção histórica conhecemos mais sobre as etapas de produção da cerveja. Tive até a oportunidade de colocar o avental de cervejeiro e moer um pouco da cevada. Tivemos oportunidade de ver os primeiros barris de armazenamento do que então viria a se tornar a cerveja. Afinal, como disse no início, tudo é muito interativo.

Ingredientes Heineken
Tonéis de ingredientes da Heineken

Logo após, entramos em uma sala de projeção com sistema 4D. Para quem já teve oportunidade de entrar em uma sala de projeção 4D sabe que as cadeiras se movem, saem alguns respingos de água e até ar de alguns locais e nessa projeção não foi diferente. O filme simula o processo de produção da Heineken. Na saída, um bar onde degustamos um chope, contudo ainda não é aqui que trocamos os botões da nossa pulseira. Cada um teve direito a um chope. A garçonete lançou uma pergunta sobre o filme que assistimos e quem acertasse a resposta, ganharia um chope extra. Adivinhem quem acertou a resposta???? EU!

Tecnologia e interatividade na Heineken Experience em Amsterdam

Passamos para uma sala escura com projeções de vários patrocínios da Heineken nos esportes e no mundo, mas o que me chamou atenção mesmo foi o teto feito das garrafas verdes. A sala seguinte foi destinada a conhecer o processo de engarrafamento da cerveja. O visitante pode até engarrafar uma cerveja com seu nome. Não fiz a minha porque fiquei tenso quanto a trazer a garrafa na mala, mas confesso que me arrependi.

Engarrafamento Heineken
Engarrafamento da Heineken

A sala mais interativa foi a que veio a seguir. Uma das opções era tirar uma foto e mandar para quem você quisesse via e-mail. As câmeras ficavam dentro de grandes tampas de garrafa. Outra parte interessante foi sentar nas poltronas e assistir a um filme cronológico contando a história da marca Heineken através dos meios de comunicação.

O penúltimo salão pelo qual passamos era uma área de jogos, tinha até uma mesa de totó (ou pebolim). Paramos para uma foto na mesa apenas. O próximo e último salão era o bar onde degustamos nossos dois chopes, trocando os botões da pulseira que ganhamos ao entrar. O bar era bem interessante, a chopeira completamente congelada e as mesas interativas permitiram um ótimo passar de tempo enquanto tomamos nossa Heineken. 

Bar Heineken Experience em Amsterdam
Degustação na Heineken Experience em Amsterdam

Finalizando o tour na lojinha

Por fim, após tomar todas as cervejas possíveis, paramos na lojinha que vende tudo o que você puder imaginar com a marca Heineken, desde abridores de garrafa a casacos. Fiquei com vontade de comprar tudo, mas me segurei e me contentei em comprar apenas uns presentinhos para os amigos cervejeiros.

Um tour que vale a pena ser feito e considero obrigatório para quem gosta de cerveja. E digo mais, a Heineken tomada em Amsterdam é muito diferente da tomada e produzida aqui no Brasil. MUITO melhor!

Leo Vidal
Leo Vidal
Carioca, biólogo, apaixonado por música, filmes e sempre disposto para novas viagens. Compartilha suas dicas de viagem há mais de 5 anos, sempre antenado ao melhor da gastronomia e hotelaria.

10 thoughts on “Heineken Experience em Amsterdam

  1. A Heineken Experience é um dos programas que eu mais tenho vontade de fazer em Amsterdam.
    Adoro passeios que envolvam uma cervejinha! hehehe

    E se tratando da história incrível da Heineken, tenho certeza que o passeio não decepciona!

    Adorei as dicas!

    Abraço

    1. Pois é Lulu, acho que o interessante é justamente isso. Conhecer a produção de uma das bebidas mais famosas do mundo, atrai a todos, mesmo quem não bebe cerveja.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *