vilarejos de Santorini
Santorini

Vilarejos de Santorini: saiba quais são e sua localização

Santorini sem dúvida é considerada a ilha mais romântica da Grécia. Isto explica tantas noivas circulando e tirando fotos pelos vilarejos de Santorini. Além disso, por exemplo, podemos ver muitos casais apaixonados de mãos dadas pelas ruas e praias. O pôr do sol mais bonito do mundo é visto do vilarejo de Oia. Entretanto, é importante ressaltar que as praias não são o forte de Santorini, devido à sua origem vulcânica. Inclusive, este é o motivo do formato da ilha em meia lua e a distância entre os famosos vilarejos: OiaFiraAkrotiri.

Histórico

Santorini faz parte das ilhas Cíclades, um arquipélago vulcânico onde se desenvolveu a civilização cicládica (3000-1000 a.C.) durante a Idade do Bronze. As ilhas foram colonizadas pelos minoicos de Creta. Akrotiri, em Santorini, foi inclusive um importante porto comercial. A região de Santorini se encontra no arco vulcânico sul do mar Egeu. A erupção em 1450 a.C., deu origem ao formato de lua crescente que a ilha possui hoje.

Santorini era uma ilha circular e após a erupção foi explodida ao meio. Uma enorme cratera se formou e em seguida, foi preenchida pela água do mar Egeu. Atualmente, essa região recebe o nome de Caldera. Um grande volume de lava soterrou Akrotiri, devastando a população que ali vivia. Ao fim, emergiram Nea Kameni e Palaia Kameni – conhecidas como ilhas Queimadas – após novas atividades vulcânicas. Além disso, surgiu Thirasia, uma das partes do vulcão que se desmembrou durante a explosão. É possível visitar cada uma delas, sendo as duas primeiras desertas em decorrência de ser parte de vulcão ainda ativo. Enquanto a última possui algumas tavernas e hotéis.

A ilha que recebeu esse nome em derivação da homenagem dos venezianos a Santa Irene (Irini em grego) no século XIII, pode ser dividida basicamente em três grandes vilarejos: Oia (mais ao norte), Fira (ou Thira – ao centro) e Akrotiri (mais ao sul).

Os vilarejos de Santorini

Vilarejos ao Sul de Santorini

Akrotiri é hoje um grande sítio arqueológico que continua sendo explorado por arqueólogos do mundo todo. A busca de novos indícios da civilização minoica que ali vivia é ainda alvo de pesquisa. A área que vem sendo descoberta pelos arqueólogos, atualmente é aberta a visitação.

Ainda no sul da ilha está o vilarejo de Megalochori. Assim como as praias de Perissa, também chamada de Black Beach pela cor das pedras e areias vulcânicas que compõem seu solo. A Red Beach, que recebe o nome também devido à coloração do solo. E por fim, Kamari. Em todas o banho é permitido, sendo o melhor acesso para a Red Beach, o barco.

Centro de Santorini

No centro está Fira, considerada capital da ilha e área mais próxima ao aeroporto. A região foi devastada por um terremoto que ocorreu em 1956, mas foi totalmente reconstruída. Atualmente abriga inúmeros restaurantes, bares e hotéis. Inclusive os hotéis em Fira são mais baratos do que o vilarejo mais badalado de Oia.

Dessa área central saem ônibus para o norte e sul da ilha, constantemente durante o dia. Fator este que a torna muito procurada pelos turistas. Em Fira, a vista do pôr do sol também é muito bonita. Incluindo vista de Nea Kameni e Palaia Kameni.

Vilarejos ao Norte de Santorini

Subindo em direção ao norte da ilha, se passa por dois vilarejos menores com hotéis mais baratos que Oia – Imerovigli e Finikia. Aliás, à medida que rumamos para o norte, o preço dos hotéis aumenta. Foi em Finikia que escolhi meu hotel, o excelente Oia Suites. Leia como foi minha experiência no hotel.

Chegando em Oia, estaremos no ponto mais badalado da ilha. A região é formada por vielas que já mal comportam os inúmeros turistas que por ali passeiam, imagina carro. Aliás, alugar carro em Santorini é exigir muito da paciência do viajante. As ruas não são tão largas dentro dos vilarejos e por isso, o trânsito se torna caótico.

O pôr do sol em Oia ainda é o mais concorrido e realmente é um dos mais lindos que eu já vi. Então, mesmo que não esteja hospedado por ali, separe um dia para assistir o pôr do sol de lá. Se possível, concilie com um jantar em um dos inúmeros restaurantes da vila.

No mapa, colocamos a distância aproximada de carro entre os três principais vilarejos: Oia para Fira – 25 minutos de carro. De Akrotiri para Fira – 19 minutos de carro. Vale ressaltar que o caminho de Fira para Oia é uma subida, lembrando uma serra.

Vilarejos de Santorini

Sabendo mais ou menos a localização de cada vilarejo, fica mais fácil de escolher onde ficar. Leve em consideração que o percurso entre cada um dos três principais vilarejos é longo. Não é possível – ao menos humanamente – atravessar a ilha do sul ao norte a pé. Então considere usar ônibus para se deslocar por Santorini, que sem dúvida será a forma mais tranquila de se locomover.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *