tour por Itaipu Binacional
Foz do Iguaçu

Tour pela Usina Itaipu Binacional em Foz do Iguaçu

Itaipu Binacional é a maior geradora de energia limpa e renovável do planeta. Empreendimento binacional desenvolvido pelo Brasil e pelo Paraguai, a usina fica no Rio Paraná, na fronteira entre os dois países. O Turismo Itaipu desenvolve passeios guiados para conhecer de perto o trabalho em Itaipu. Fizemos o Circuito Especial, um tour por Itaipu Binacional.

Esta é a opção mais completa de tour por Itaipu Binacional, com incursão pelo interior da usina e paradas em pontos estratégicos. Os passeios, tanto o especial quanto o panorâmico acontecem todos os dias. Para o Circuito Especial a idade mínima é de 14 anos. Além disso, não é permitido uso de chinelos, sapatos de salto alto, shorts ou minissaias durante a visita. Um outro passeio interessante por Itaipu é o que permite ver a iluminação da barragem por vários refletores e luminárias com uma trilha sonora criada especialmente para a apresentação. Nós não vimos esse show, mas ele acontece sextas e sábados à noite.

Como é o Tour por Itaipu Binacional

Considerada uma das sete maravilhas do mundo moderno pela Sociedade Americana de Engenheiros Civis, Itaipu encanta os turistas não só por suas dimensões, mas também pelos aspectos tecnológico e ambiental. A usina foi construída a partir de maio de 1974 após a assinatura do Tratado de Itaipu, instrumento legal para o aproveitamento do potencial hidráulico do Rio Paraná. O acordo binacional estipula que toda produção deve ser dividida 50% para o Brasil e 50% para o Paraguai, além do número de funcionários empregados ser também o mesmo para cada um dos países.

Nossa visita começou pelo Centro de Recepção de Visitantes, de onde saem todos os passeios turísticos pela área de Itaipu Binacional. O visitante pode optar pela Visita Panorâmica que é mais curta e passa somente pelas áreas externas da usina. Como disse acima, o nosso tour por Itaipu Binacional foi o mais completo com duração de aproximadamente 2h30. Antes mais nada, a exibição de um vídeo sobre Itaipu Binacional no auditório do Centro de Recepção.

Tour pelo exterior

Logo após, partimos para um ônibus que nos leva para o passeio propriamente dito, feito em presença de um guia que fala português, inglês e espanhol. A primeira parada do tour por Itaipu Binacional foi no topo da barragem que tem um comprimento total de 7.919 metros e 196 metros de altura, o que equivale a um prédio de 65 andares. De um lado pudemos observar o reservatório que tem uma extensão de 170 km. Em seu nível máximo normal comporta um volume de 29 bilhões m³. Do outro lado, a vista que se tem do alto da barragem. Para sua construção, houve uma escavação do canal de desvio do Rio Paraná. As rochas retiradas durante esta etapa, atualmente formam parte da barragem, junto ao concreto.

Vista Panorâmica de Itaipu Binacional
Vista Panorâmica de Itaipu Binacional

Ao percorrer o caminho até o topo da barragem o guia nos chamou atenção para o Canal da Piracema. Foi construído para permitir que os cardumes de peixes de espécies migratórias superem a barragem da usina e sigam em direção às áreas de reprodução e berçários naturais. O canal apresenta 120 metros de desnível médio entre o Rio Paraná e o Reservatório de Itaipu e tem 10 km de extensão. Este canal mostra a preocupação de Itaipu com o meio ambiente no entorno da usina. Um trecho de 430 metros, chamado Canal Itaipu, foi preparado especialmente para a prática de atividades esportivas como a canoagem de rodeio, rafting e slalom. A seleção brasileira de canoagem inclusive usa o Canal Itaipu para treinamentos e competições.

Tour pelo interior de Itaipu Binacional

Logo depois, a segunda parada do tour por Itaipu Binacional é na entrada da usina. Neste momento, é preciso colocar o capacete de operário para que possamos adentrar as instalações. A partir daí conhecemos Itaipu por dentro e em pleno funcionamento. Pudemos observar as catedrais de concreto e as galerias onde estão instaladas as turbinas, cada uma das esferas vermelhas da foto. Pudemos também ver o eixo de uma unidade geradora em pleno funcionamento.

Tour pelo interior de Itaipu Binacional
Tour pelo interior de Itaipu Binacional

Outro momento bem interessante do tour por Itaipu Binacional foi conhecer, mesmo que de fora, a sala de comando central da usina. O guia nos explicou que são cinco funcionários que se revezam em turnos de 6 horas. Dois funcionários brasileiros, dois paraguaios e um chefe de comando que é brasileiro no primeiro turno. Em seguida, alternando para paraguaio no segundo turno e assim sucessivamente. Achei isso bem interessante, pois mostra que não é só na partilha da produção de energia que cada um dos lados tem participação. 

O controle da usina é feito por meio digital e analógico em um sistema de backup. No painel podemos ver 20 turbinas, metade do lado paraguaio e metade do lado brasileiro. Em vermelho as que estavam funcionando, ou seja, das 20, estavam em funcionamento 19 durante a nossa visita. A vigésima não estava funcionando porque passava por uma manutenção preventiva, procedimento comum realizado na usina.

Mirante Central

Após a visita ao interior da usina, seguimos para o Mirante Central de onde podemos ver toda a barragem. Uma visão completa das turbinas (os canos brancos) por onde passa a água que vem do reservatório e gera energia e o vertedouro. Próximo ao mirante um letreiro interativo escrito ITAIPU BINACIONAL com o logo da usina. Por fim, o Barrageiro Homem de Aço, uma escultura feita com duas toneladas de sucata de maquinário, que recepciona os turistas na entrada do Mirante Central.

Mirante central de Itaipu Binacional
Mirante Central de Itaipu Binacional

Endereço: Av. Tancredo Neves, 6702 – Foz do Iguaçu – Tel.: 0800 645 4645 ou (45) 3520-6676

Leo Vidal
Carioca, biólogo, apaixonado por música, filmes e sempre disposto para novas viagens. Compartilha suas dicas de viagem há mais de 5 anos, sempre antenado ao melhor da gastronomia e hotelaria.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *