Sablon em Bruxelas
Bruxelas

Sablon em Bruxelas: o que conhecer no bairro

O Sablon é um bairro de Bruxelas não muito longe do centro da cidade. Recebeu esse nome pelo pantanal arenoso que ocupou esse lugar até ser aterrado no século 17. No coração do bairro estão duas praças separadas por uma igreja.

A palavra Sablon significa grãos de areia bem finos. A região pertencia ao Saint John Hospital no século XIII, que usava essa área como cemitério. Posteriormente, a área foi vendida para a guilda dos arqueiros que ergueu ali uma igreja mais tarde chamada de Igreja de Nossa Senhora do Sablon.

Hoje em dia a região foi revitalizada e une através da rue de la Régence o Palácio de Bruxelas ao Palácio de Justiça (que em fevereiro de 2015, quando estive em Bruxelas estava em obras). Compreende basicamente duas praças: Grand Sablon e Petit Sablon.

Église Notre-Dame du Sablon

Essa igreja de estilo gótico brabantino data do século 15 e pertencia à guilda dos arqueiros. Recebeu esse nome pelo local onde se encontra. A igreja foi construída para abrigar e venerar uma pequena estátua milagrosa achada e recuperada por Beatrice Soetkens, trazida de volta a Bruxelas em 1348. Além disso, muitos membros da côrte real estão enterrados no Sablon.

Nossa Senhora do Sablon
Igreja de Nossa Senhora do Sablon

O interior da igreja me lembrou muito o da igreja de Santa Catarina, inclusive o púlpito esculpido em madeira que me chamou atenção por ser muito parecido. Os vitrais permitem a entrada da luz na igreja. A igreja abriga ao fundo a capela de Santa Úrsula onde estão enterrados Thurn e Taxis – mártires do império Habsburg. Além disso, abriga a capela de Saint Marcouf, padroeiro dos farmacêuticos. Ambas capelas são esculpidas em estilo barroco.

Place du Grand Sablon em Bruxelas

A Place du Grand Sablon (ou Grote Zavel) abriga casas que datam do século 16 a 19. Além de abrigar um centro de antiguidades, ainda apresenta vários restaurantes e lojas, incluindo dois dos maiores fabricantes de chocolates: Neuhaus e Pierre Marcolini. Por lá ainda podemos comer, por exemplo, os deliciosos doces da loja francesa Ladurée.

A praça é um excelente local para um brunch ou para uma andada entre o mercado de antiguidades e de livros, que acontece das 09 às 17 h (aos sábados) e das 09 às 13 h (aos domingos).

Place du Petit Sablon em Bruxelas

A Place du Petit Sablon (ou Kleine Zavel) abriga um belíssimo parque arborizado cercado por 48 estátuas representando as guildas medievais de Bruxelas. Além disso, ao centro, um chafariz com uma estátua dos condes de Edgmont e Horn. Ambos foram decaptados na Grand Place de Bruxelas em 1568 durante conflitos hispano-holandeses. Por isso, são hoje símbolo da resistência contra a tirania espanhola que surgiu durante a Revolução Holandesa.

Petit Sablon em Bruxelas
Place du Petit Sablon

Por fim, não muito distante dali está o Conservatório de Bruxelas e o Parque de Edgmont – que leva o nome do conde. É nesse parque que está uma estátua de Peter Pan em frente a L’Orangerie. Essa estátua de Peter Pan é uma cópia da que fica nos Jardins Kensington em Londres. Foi doada à cidade de Bruxelas por seu escultor George Frampton, após a Primeira Guerra Mundial.

Conservatório e estátua de Peter Pan

Faça sua reserva de hotel em Bruxelas por aqui e ajude a manter o Panorama de Viagem sempre atualizado, sem pagar nada a mais por isso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *