Museu Botero
Bogotá

Museu Botero em Bogotá: para apreciar a arte figurativista

Situado no bairro colonial de La Candelaria, o Museu Botero faz parte do complexo de museus do Banco de la República, com uma grande coleção do artista colombiano Fernando Botero, famoso por suas obras rotundas e figuras de curvas acentuadas.

Um dos locais que eu mais queria visitar em Bogotá era o Museu Botero, por isso em minha única noite na capital colombiana, já fui direto para o bairro de La Candelaria onde fica o museu. Veja as dicas de locais onde se hospedar em La Candelaria que o blog Caminhos me Levem reuniu.

Se você não estiver hospedado por ali, como no meu caso, vale pegar um táxi até a Plaza Bolívar. Aproveite para explorar todas as atrações do centro histórico e do complexo de museus a pé.

Contrário do que muitos pensam, Fernando Botero ainda está vivo. Nascido em Medellín em 1932, ele é considerado o maior artista figurativista colombiano, inspiração de um movimento de arte chamado por alguns de “Boterismo”. Sua carreira se iniciou quando era ilustrador do jornal de Medellín “El Colombiano”. Nos anos 50 estudou em Madrid, logo depois foi viver no México e expôs em Nova York. Sua primeira exposição foi em 1951, em Bogotá.

Suas obras ficaram conhecidas pelas figuras com formas redondas e acentuadas, sendo uma das mais famosas, sua releitura de 1977 para a “Monalisa” de Leonardo da Vinci. Outras obras famosas também expostas no museu são “El Estudio” de 1990 e “Una familia” de 1989.

Museu Botero Bogota

O museu foi inaugurado em 2000 e surgiu a partir de uma doação de obras de arte feita pelo próprio Fernando Botero ao governo colombiano. No edifício de dois andares em estilo colonial estão 123 obras de autoria do próprio artista, incluindo pinturas, rascunhos e esculturas. Ao centro, um jardim de inverno muito bem cuidado. Logo na entrada, nos deparamos com a grande escultura em bronze “Mano Izquierda”.

O percurso pelas salas do primeiro andar pode ser realizado na ordem sugerida, onde estão expostas as principais telas de Botero que retratam personalidades e pessoas gordas, assim como objetos e elementos cujas curvas são acentuadas, incluindo algumas pinturas com críticas singelas como o caso dos líderes das Fuerzas Armadas Revolucionarias de Colômbia (FARC).

Museu Botero

Assim como as pinturas, diversas esculturas de Botero estão expostas no museu, com destaque para “Mujer con fruta”, “Venus dormida”, “Hombre a caballo”, “Adán” e “Eva”. No segundo andar, em meio a algumas esculturas e pinturas de Botero, está uma coleção de 85 obras de artistas internacionais como Picasso, Chagall, Monet e Renoir. As obras são de meados do século 19 à arte do pós-guerra, todas da coleção particular de Fernando Botero. Essa é considerada uma das cinco coleções de arte internacional de maior importância na América Latina.

Esculturas Museu Botero

A entrada para o museu é gratuita. O museu não funciona às terças-feiras e está aberto de quarta a segunda das 9h às 19h, sendo que aos domingos o horário é diferenciado, de 10h às 17h. Quem quiser pode optar pela visita com audioguia em inglês, francês e espanhol, disponível na tenda El Estante, na entrada do Museo del Arte no complexo de museus.

Quem estiver indo para Medellín e quiser conhecer outras obras do artista, ele doou 23 esculturas à sua cidade natal, que estão expostas em uma praça pública, que foi renomeada com seu nome.

Endereço: Calle 11 No. 4-41 – La Candelaria – Tel.: (571) 3431316 ou 3431111 Ext. 2909

Leo Vidal
Leo Vidal
Carioca, biólogo, apaixonado por música, filmes e sempre disposto para novas viagens. Compartilha suas dicas de viagem há mais de 5 anos, sempre antenado ao melhor da gastronomia e hotelaria.

2 thoughts on “Museu Botero em Bogotá: para apreciar a arte figurativista

  1. Não visitei o Museu Botero em Bogotá, mas visitei o de Medellin! Realmente muito legal! As obras de Botero são únicas e bem marcantes! Adorei! Se voltar a Bogotá, certamente visitarei o Museu Botero de Bogotá. Abraços.

    1. Dois destinos que quero conhecer quando voltar a Colômbia são Medellin e San Andres. Já vou anotar aqui a dica do Museu Botero em Medellin.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *