dicas de viagem ao Canadá
Montréal Ottawa Québec City Toronto

Dicas para quem vai viajar para o Canadá

O Canadá é um país que atrai muito os brasileiros principalmente em termos de imigração e moradia. Porém, a grande massa ainda visa o turismo pelo país, que apresenta belezas naturais únicas. Pensando nisso, reunimos dicas de viagem ao Canadá para você fazer seu checklist.

Visto canadense

A primeira coisa que o turista brasileiro tem que tem em mente ao organizar uma viagem ao Canadá é que para entrar no país é preciso apresentar visto canadense válido. Para adquirir o visto, as informações detalhadas podem ser encontradas no site Citizenship & Immigration Canada.

Em resumo, quem tem um visto americano válido, precisa apenas preencher um formulário. O Electronic Travel Authorization (eTA) é um formulário onde o viajante vai preencher seus dados pessoais, informar dados do passaporte e do visto americano. Então, tenha em mãos todos esses dados quando for preenche-lo. Por fim, será necessário pagar o valor de 7 dólares canadenses ($ CAD). O pagamento pode ser feito por cartão de crédito. Logo após, o viajante receberá a autorização por e-mail. O mesmo é válido para quem já teve um visto canadense nos últimos 10 anos.

Caso o viajante não tenha visto americano válido, será necessário tirar o visto canadense. O procedimento deve ser realizado junto à unidade consular mais próxima de sua cidade. Neste caso, o visto constará no passaporte e tem o valor de $ CAD 100.

Quando ir

Entre as dicas de viagem ao Canadá, escolher a época da viagem é primordial. O Canadá fica no Hemisfério Norte, onde o clima é bem definido. Por sua localização no extremo norte, o inverno é bem rigoroso, chegando a -40 graus em algumas partes do país. Portanto, tenha em mente qual tipo de viagem você quer ter.

Caso o viajante não goste de frio, a indicação é viajar entre os meses de maio a outubro. Nesse período, as temperaturas geralmente estão mais altas. Eu estive na parte leste do Canadá em agosto, em pleno verão e peguei dias com máxima de 28 graus e mínima de 16 graus. Agora, se o estilo de viagem for para curtir o frio, ver neve e esquiar, a melhor época é durante o inverno mesmo. Entre os meses de dezembro a março, praticamente.

Leste ou Oeste?

O Canadá é um país enorme. As principais cidades visitadas pelos brasileiros estão na parte Leste do Canadá. É o caso de Toronto, Québec City, Montréal e a capital Ottawa, por exemplo. Contudo, muitos brasileiros têm interesse em conhecer Vancouver, que fica no lado Oeste do Canadá.

É importante ter em mente que fazer uma viagem conciliando Leste e Oeste do Canadá, envolve uma viagem longa. De Toronto para Vancouver, por exemplo, são 5 horas de voo. Para visitar ambos os lados, o ideal é ter um período de estadia de pelo menos 30 dias no Canadá. Claro que isso vai depender de viajante para viajante.

Idioma

O Canadá tem em sua história de colonização francesa e inglesa. Por isso, o país é bilingue, falando tanto o inglês quanto o francês. Em alguns Estados predomina o francês, enquanto em outros o inglês. Porém, não se preocupe se você fala inglês. Até mesmo nas cidades onde o francês é predominante, os canadenses automaticamente notam que a pessoa não entende o francês e já fala em inglês. Muitas vezes já falam algo como “Bonjour, Hi!” para deixar o visitante confortável para continuar a conversa no idioma que tem maior domínio. Ao menos, nas cidades mais turísticas.

WiFi x Chip de celular

Se você chegar pelo aeroporto de Toronto, como foi meu caso, pode contar com a WiFi do aeroporto. Ela funciona bem e pode ser útil caso você não tenha ainda conexão ao chegar no Canadá.

Diferente do que muitos pensam, não é tão fácil achar conexões Wi-Fi gratuitas pelas ruas. Alguns estabelecimentos muitas vezes exigem algum consumo no local para usar a wi-fi. Por isso, a melhor forma de se manter conectado 24 horas no Canadá, com internet de qualidade é adquirir um chip de celular.

Em minha viagem pelo Canadá usei o chip de celular da Yes Brasil Orlando, que funcionou perfeitamente em toda a viagem. Comprando pelo site, você já recebe seu chip em casa antes da viagem. Dessa forma, chega ao Canadá já com o chip em mãos e conectado.

Compras e Gorjetas

Assim como nos Estados Unidos, as taxas são incluídas no valor final. Ou seja, o preço que consta nas etiquetas das lojas ou nos letreiros das lanchonetes, normalmente não incluem as taxas. A taxa varia de acordo com o Estado. Em Toronto, pertencente ao Estado de Ontario, a taxa é de 13%. Já no Estado de Québec, a taxa é de 15% em cima do preço da etiqueta.

Já nos restaurantes, além das taxas, é comum deixar um valor pelo serviço. Diferente dos Estados Unidos, ele não vem sugerido ao final da conta. O valor que as pessoas normalmente deixa é 15% da conta, contudo não é obrigatória. Essa gorjeta funciona como aqui no Brasil, os nossos 10% – ou os 12/13%, aplicados em alguns restaurantes atualmente.

Tomadas

A diferença de padrão entre as tomadas no mundo se torna uma preocupação maior atualmente. Até porque cada vez viajamos mais carregados de aparelhos eletrônicos. O Canadá segue o padrão americano, com tomadas elétricas do tipo A. São duas entradas retas e paralelas, sendo que um dos pinos costuma ser mais largo do que o outro. Alguns locais apresentam o tipo B com dois terminais em paralelo e um terminal redondo para a terra. Por isso é importante carregar em suas viagens um adaptador de tomadas. Lembre-se que o padrão de tomada brasileiro é diferente. Os EUA usam o padrão variável, de 110V a 127V. A eletricidade é de 120 volts e 60 Hz.

Espero que seguindo essas dicas de viagem ao Canadá não surjam surpresas em sua viagem. Se você tiver mais dicas para incluir nessa matéria ou dúvidas a respeito, deixe seu comentário. Responderemos e adicionaremos mais informações aos poucos. Lembre-se de reservar seus hotéis por nosso link da Booking.com, dessa forma você ajuda a manter o Panorama de Viagem sempre atualizado, sem pagar nada a mais por isso.

10 thoughts on “Dicas para quem vai viajar para o Canadá

  1. Adorei as dicas do Canadá!

    É um dos destinos que mais tenho vontade de conhecer! Mas como não sou chegado no frio teria que ir entre maio e outubro! hehehe

    Abraço!

    1. Oi, você vai encontrar um visual diferente do que eu tive no verão. Mas fique antenada, que em breve incluirei os artigos sobre o que fazer e conhecer em Toronto, Ottawa, Québec e Montréal. Para saber quando entrou online, sugiro curtir e seguir a nossa página no facebook. Lá aviso sempre quais posts entraram no ar. Assim fica mais fácil de você acompanhar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *