cinema no Japão
Hiroshima Kyoto Osaka Tóquio

Cinema no Japão: experiência no Toho Cinemas

Quando estivemos no Japão em agosto de 2016, fomos ao cinema duas vezes, uma em Osaka e outra em Tóquio. A ideia pode parecer um tanto louca, mas é possível ir ao cinema no Japão, sim. Claro, você precisa entender de inglês. Saiba todos os detalhes.

Toho Cinemas

A maior rede de cinemas no Japão é a Toho Cinemas, inaugurada em 1997 e abrange boa parte das cidades japonesas. Eu tive a chance de ir ao cinema em Osaka e Tóquio. Porém, existem salas em Kyoto, Hiroshima, Nara, Nagasaki e outras cidades espalhadas pelo país.

Os filmes em exibição são mostrados em um display eletrônico com os horários disponíveis e idiomas. Importante mencionar que muitos dos filmes americanos são exibidos em duas salas, sendo em uma dublado em japonês (escrito Japanese ao lado do nome do filme) e na outra em versão original (em inglês) com legenda em japonês (escrito English ao lado do nome do filme). Claro, que foi nesse segundo tipo de sala que fui.

Filmes de cinema no Japão
Display de filmes no cinema no Japão

Além de amplas, em todas as salas que fomos, as poltronas são bem confortáveis e os assentos, assim como no Brasil, são marcados. O ingresso pode ser comprado na bilheteria automática bem tranquilamente, já que há opção de idioma em inglês. Caso precise de ajuda, sempre tem um funcionário do cinema com a maior boa vontade em ajudar e com um sorriso estampado no rosto.

Tipos de salas e ingressos

Os cinemas possuem as salas TCX (Toho Cinemas Large Extra Large Screen), cuja tela é maior do que a comum e a MX4D, na qual os assentos se movem em sincronia com a ação do filme e conta com geradores EFX especiais, que permitem uma imersão no filme com sensação de vento, água e até cheiros. Infelizmente, quando estive por lá, o filme que estava passando nessa sala MX4D era uma nova versão de Godzilla, todo em japonês. Por conta da barreira do idioma, não assisti e me arrependo, porque mesmo não entendendo as falas, a experiência teria sido interessante.

Pelo que pude perceber, existem vários tipos de ingressos, como aqui no Brasil: o comum (general admission); para estudantes (aqui eles separam entre college e high school) que não sei se é aceito a carteirinha internacional de estudante; e para crianças (child) e idosos acima de 60 anos (senior). Porém, alguns descontos são diferentes do que temos aqui no Brasil como o: first day of the month (primeiro dia do mês); ladies day (toda quarta-feira as mulheres têm desconto); men day (toda sexta-feira os homens têm desconto); Married couple (para casais quando ao menos um tem mais de 50 anos); entre muitos outros tipos, vale ficar atento para ver se você se encaixa em algum deles.

Experiência de cinema no Japão

As opções de combos de pipoca são das mais variadas, bem próximo ao que temos no Brasil. Eu aproveitei uma para trazer o porta-copo do Pikachu para meu sobrinho, como lembrança da viagem. 

Combo de Pipoca do Toho Cinemas

Outras curiosidades, por exemplo: os japoneses são super rígidos com barulho e uso de celular também nas salas de cinema, inclusive o vídeo inicial da sessão é muito bom. Eles explicitam que é proibido chutar a cadeira da frente e mexer em sacolas plásticas durante a exibição do filme. Outra coisa que notei, é que poucos saem logo que o filme acaba. Os créditos ainda passavam, enquanto a sala continuava cheia, mesmo sem ser um filme com cena pós-crédito.

Sem dúvida, ao cinema no Japão foi uma experiência diferente. Além de ver como são as salas, pude perceber melhor o comportamento e costumes dos japoneses. Se tiver tempo, vale a pena conhecer.

Endereços de cinema no Japão

Em Tóquio, fui no cinema que fica em Shinjuku, no prédio do Hotel Gracery Shinjuku, mas também existe uma filial em Roppongi Hills. Em Osaka, fui na filial que fica no último andar da loja de departamentos do Namba Main Building, ao final da galeria que sai de Dotonbori.

Leo Vidal
Leo Vidal
Carioca, biólogo, apaixonado por música, filmes e sempre disposto para novas viagens. Compartilha suas dicas de viagem há mais de 5 anos, sempre antenado ao melhor da gastronomia e hotelaria.

4 thoughts on “Cinema no Japão: experiência no Toho Cinemas

  1. Que interessante essa experiência de ir pro cinema no Japão e vivenciar todas essas especificidades de comportamento dos japoneses. E a língua foi decisiva para proporcionar essa vivência, o que dificilmente seria possível sem os filmes em inglês, rs.

    1. Sim, Fabíola, nem me arrisquei a assistir um filme em japonês. estava inclusive passando um filme nacional do Godzilla – que lá para eles é um ícone. Por se tratar de um filme de monstro e catástrofe, pensei em assistir, mas relutei e fui ver outro em língua inglesa.

  2. Eu amei esse seu relato. Eu amo cinema e tenho planos para uma jornada nômade, umas das coisas que penso é exatamente, como viver sem cinema? Eu costumo ir ao cinema quando estou viajando, mas no Japão ou na Tailândia, por exemplo, onde tenho vontade de ficar por um período, a barreira linguística é realmente muito grande. Essa opção já facilita bastante. Tomara que isso aconteça em outros países, vou pesquisar.
    obrigada por compartilhar

    1. Olivia, eu também adoro ir a cinema nas viagens. Acho que faz parte do “vivenciar o destino como local”. Sem dúvida será uma experiência bem diferente no Japão e acho que você vai curtir.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *