Nova York

Atravessar a Brooklyn Bridge para conhecer o Brooklyn

Uma das maiores pontes em Nova York, a Brooklyn Bridge – ou Ponte de Brooklyn – tem que ser incluída em seu roteiro. O Brooklyn em si vem ganhando espaço nos roteiros de quem visita a cidade. Por isso, atravessar a Brooklyn Bridge se tornou um passeio único e diferente. A travessia pode ser feita a pé, de bicicleta ou de carro. Eu optei por fazer a pé, no sentido Brooklyn-Manhattan.

Histórico da Ponte do Brooklyn

A Brooklyn Bridge atravessa o East River ligando os distritos de Manhattan e Brooklyn. Foi projetada por John August Roebling que faleceu em decorrência de um acidente durante a construção da ponte antes de sua conclusão. Sua construção iniciou em 1869, com inauguração em maio de 1883.

Emily Warren Roebling, esposa de Washington Roebling (filho de John August), foi a primeira pessoa a atravessar a ponte. Dentro de 24 horas após a inauguração, estima-se que cerca de 250 mil pessoas atravessaram a ponte. Com seu comprimento sem precedentes e duas torres imponentes, a ponte do Brooklyn foi apelidada de “oitava maravilha do mundo.”

atravessar a Brooklyn Bridge
Brooklyn Bridge – Ponte do Brooklyn

Durante vários anos após a sua construção, manteve-se a estrutura mais alta do hemisfério ocidental. Foi a primeira ponte do mundo a ser suspensa por aço. Por isso, na época, muito se falava sobre a segurança e estabilidade da mesma. Foi então que no dia 17 de maio de 1884, P.T. Barnum, empresário e político, levou 21 elefantes até a ponte para provar sua estabilidade. Em 1954 a ponte sofreu um processo de reconstrução idealizado pelo prefeito da cidade.

Atravessar a Brooklyn Bridge: sentido Manhattan-Brooklyn

Quem optar por fazer a travessia no sentido Manhattan-Brooklyn, recomendamos pegar o metrô das linhas J ou Z e sair na estação Chambers St. Ou então as linhas 4, 5 ou 6 e sair na estação Brooklyn Bridge City Hall. E ainda, um pouco mais distante, linhas 2 ou 3 e sair na Fulton Street Station. Dali basta se encaminhar até a entrada da ponte e, em seguida, fazer a travessia até o Brooklyn a pé ou de bicicleta.

Mapa para atravessar a Brooklyn Brigde
Mapa das estações de metrô próximas à Brooklyn Bridge em Manhattan

Como disse anteriormente, optei por fazer atravessar a Brooklyn Bridge a pé no sentido Brooklyn-Manhattan. A vantagem de seguir nesse sentido é a apreciar a linda vista do horizonte de Nova York. Além disso, a ponte é ligeiramente inclinada nesse sentido, o que facilita a travessia a pé. Na ida, optei por chegar ao Brooklyn de metrô.

Como chegar ao Brooklyn de metrô

Para chegar ao Brooklyn de metrô, o ideal é pegar as linhas A ou C, até High St. Em seguida, basta seguir as setas que indicam o caminho até a ponte. Porém, como eu tinha intenção de ir até a Brooklyn Heights Promenade, área que tem uma linda vista de Manhattan, optei por pegar o metrô, linhas 2 ou 3, até a Clark St e seguir a pé até a Promenade. 

Andando pelo Brooklyn

Foi ótimo porque pude passar pelas ruas do Brooklyn, vendo os prédios característicos da região. Aqueles que comumente vemos nos filmes passados em Nova York.

Como era um domingo pela manhã, ainda paramos para tomar um pequeno brunch no Friend of a Farmer. Um simpático restaurante que encontramos no caminho, na Montague Street (nº 76). Pedimos o Buckley Omelette com muçarela e pimentões vermelhos, além do Farm Grilled Cheese, um pão tostado e aberto com queijo, tomate, alho e manjericão. Para acompanhar, suco de laranja e de maçã. Como cortesia eles servem um bolo com geleia de maçã, bem gostoso.

Brunch no Brooklyn

Em seguida, fomos em direção à Brooklyn Heights Promenade. Na área vemos pessoas sentadas nos bancos lendo jornal ou simplesmente apreciando a vista, pessoas se exercitando, passeando com cachorro. Um momento para se sentir local, um autêntico morador do distrito. Dali pudemos ver New York Harbor, a Estátua da Liberdade, Manhattan e a própria ponte do Brooklyn. Uma vista sensacional, principalmente se for em um dia ensolarado como o que pegamos.

Brooklyn Heights Promenade
Brooklyn Heights Promenade

Atravessar a Brooklyn Bridge: sentido Brooklyn-Manhattan

Para atravessar a Brooklyn Bridge de volta a Manhattan, seguimos em direção à entrada da ponte. Passamos pelo pequeno Cadman Plaza Park, parque ao lado da praça onde fica o Brooklyn War Memorial. Fomos seguindo as placas que indicavam o caminho da ponte, sem problemas – Brooklyn Bridge Walkway. Logo abaixo da ponte, uma placa dando boas vindas e indicando os principais pontos turísticos do Brooklyn. Por ali, subimos as escadas que nos levaram direto à ponte.

Subida para atravessar a Brooklyn Bridge
Cadman Plaza Park e Brooklyn Bridge Walkway

A travessia é bem tranquila, levamos de 20 a 30 minutos para atravessar porque parávamos a todo instante para fazer fotos. No meio do caminho encontramos alguns amigos que estavam vindo no sentido oposto. Importante ressaltar que existe uma “faixa” de pedestres e uma de bicicletas. Contudo, as pessoas não respeitam muito, por isso é bom ficar atento às bicicletas e também às outras pessoas.

como atravessar a Brooklyn Bridge
Atravessando a Ponte do Brooklyn a pé

Como costume em muitas pontes, em algumas partes da estrutura estão presos cadeados dos casais apaixonados que eternizam seu amor ali. Fique atento e quem sabe, deixe seu cadeado por ali também. Tivemos sorte em fazer a travessia em um dia ensolarado e bonito que rendeu lindas fotos. Um programa que todo mundo deve fazer quando estiver em Nova York.

Se tiver curiosidade de se hospedar na região, faça sua reserva de hotel no Brooklyn por aqui e ajude o Panorama de Viagem a se manter no ar, sempre com dicas como essa.

Leo Vidal
Leo Vidal
Carioca, biólogo, apaixonado por música, filmes e sempre disposto para novas viagens. Compartilha suas dicas de viagem há mais de 5 anos, sempre antenado ao melhor da gastronomia e hotelaria.

One thought on “Atravessar a Brooklyn Bridge para conhecer o Brooklyn

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *