Filadélfia

As principais atrações nos arredores da Logan Square

Uma área no centro da Filadélfia cheia de monumentos e prédios interessantes à visita é a Logan Square, também conhecida como Logan Circle. Ela é cortada pela Benjamin Franklin Parkway, uma das principais avenidas que liga o City Hall ao Philadelphia Museum of Art.

A Logan Square é uma das cinco praças originais deixadas por William Penn para a cidade em 1682. Recebeu como primeiro nome: North West Square, porém em 1825 recebeu o nome de Logan Square em homenagem a James Logan, que foi prefeito da cidade de 1722 a 1725. A praça serviu como local de execuções públicas e cemitério no início dos anos 1800 e permaneceu dessa forma até o último enforcamento em 1823.

No centro da praça está um enorme e belo chafariz com esculturas que jorram água e várias direções – a Swann Memorial Fountain – dando um lindo visual. Não passei por lá à noite, mas o chafariz tem iluminação e deve ficar bem bonito. A fonte é projeto de Alexander Calder e é em homenagem a Wilson Cary Swann fundador da Philadelphia Fountain Society. As esculturas simbolizam os maiores cursos de água da região: o rio Delaware simbolizado pelo homem, o rio Schuylkill simbolizado pela mulher e o córrego Wissahickon simbolizado por uma garota. Em meio a eles, sapos, tartarugas, peixes e cisnes completam o cenário.

Ao lado da catedral se encontra um monumento em homenagem a Mikolaj Kopernik, mais conhecido como Nicolau Copérnico, na comemoração de aniversário de seus 500 anos. Copérnico foi um astrônomo polonês que lançou a teoria de que a Terra e os demais planetas se moviam em torno do Sol. A escultura – chamada Kopernik – de Dudley Talcott apresenta dois discos ao centro, simbolizando o Sol e um anel em volta, simbolizando a rotação da Terra em volta do Sol.

Em um dos lados da praça está a Catedral Basílica de São Paulo e São Pedro, a grande igreja da arquidiocese da Filadélfia,está aberta desde 1864 e é uma grande construção de arquitetura romano-corintiana em pedra de coloração marrom. É possível visitar seu interior, mas eu não entrei.

Em outro lado da Logan Square se situa a Biblioteca da Filadélfia (Free Library of Philadelphia) e na calçada em frente a ela está o Shakespeare Memorial. Essa escultura em bronze com base em mármore preto data de 1926 e foi dedicada a ele no dia de seu aniversário no ano de 1929, porém só foi movida para a frente da biblioteca em 1953, onde ela se encontra até hoje.

A escultura de duas figuras representando a Comédia e a Tragédia refletem Hamlet com uma faca em sua mão e Touchstone sentada a seus pés, rindo. Na base de mármore a frase “All the world’s a stage and all the men and women merely players” (traduzindo: “o mundo todo é um palco e os homens e mulheres são meros atores”).

De outro lado da praça está o The Franklin Institute um local perfeito para levar as crianças. Um museu dedicado à ciência que conta com um planetário, um coração gigante para as crianças entenderem como funciona o órgão e até uma rede neural onde as crianças podem escalar. Quero muito voltar à cidade para conseguir visitar o museu, pois não sincronizei bem meu roteiro com o horário de fechamento do museu.

Outro programa imperdível para as crianças, que fica no outro quadrilátero da praça, é a Academia de Ciências Naturais. O museu foi fundado em 1812 e em 1948 entrou para a Divisão de Pesquisa do Meio Ambiente, se associando dessa forma com a Drexel University. Em suas salas é possível observar fósseis de dinossauros, animais empalhados da África e América do Norte, bem como uma área destinada a pássaros e borboletas. Outro local que quero conhecer quando voltar à cidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *