Salpoente
Aveiro

Salpoente: a gastronomia do chef Duarte Eira em Aveiro

Aveiro é muito famosa pelos ovos moles, doce feito de gema de ovo, envolto em uma espécie de hóstia. Contudo, a gastronomia da cidade vai além dessa sobremesa. Tivemos a oportunidade de conferir uma mostra no Salpoente, restaurante do chef Duarte Eira.

Aveiro já foi muito famosa pela produção de sal. Localizado no Cais de São Roque, o Salpoente ocupa dois antigos Armazéns de Sal, considerados patrimônio histórico da cidade. Durante nosso passeio de moliceiro em Aveiro, pudemos ver de o restaurante. Quem olha as duas casinhas por fora, não imagina a elegância do interior do restaurante. Uma antessala convidativa para espera e um bar para iniciar a experiência com um drink especial. A decoração do Salpoente segue um padrão moderno, com pinturas nas paredes, garrafas enfeitando o ambiente e uma iluminação agradável.

Salpoente Aveiro

A cozinha é um verdadeiro espetáculo de sentidos, transmitindo uma linguagem própria. O Salpoente é considerado um tributo às pessoas e matérias-primas da região da Ria de Aveiro, recriadas numa cozinha de excelência. À frente da cozinha está o chef Duarte Eira que já passou por várias cozinhas de hotéis e vencedor da sétima edição do concurso “Revolta do Bacalhau” em 2011 na categoria gastronômica.

A experiência no Salpoente

São oferecidos três tipos de menu que mudam eventualmente. Escolhemos o “Uma aventura com o fiel amigo”, onde a estrela dos pratos é o bacalhau, visto que é especialidade do chef. Para iniciar, tapenade de azeitonas pretas, manteiga de cabra e azeite, acompanham os pães de canela, azeitona, chouriço e a tradicional baguete. De amuse bouche, croquete de leitão servido de forma primorosa em uma caixinha de madeira com pedras.

Iniciando o percurso de quatro etapas, um Carpaccio de Bacalhau, servido com amêijoa e algas da Ria, que estava muito gostoso. Em seguida, Açorda de ovas de Bacalhau, Camarão, Coentro, Gema de Ovo, Cebola e Azeitona. Posteriormente, Bacalhau assado a 65 graus, Arroz, Salicórnia, Amêijoa e Alface do Mar. A leveza e sabor do bacalhau estava incrível. Antes da última etapa, uma panaceia de goiaba com gelado de melão e chutney de ruibarbo como pré sobremesa. Por fim, a experiência nos levou à sobremesa que foi fantástica. Os Citrinos. Yuzu, Lima Kaffir, Kalamância e toranja em diferentes texturas que harmonizaram perfeitamente nesse prato.

Salpoente Aveiro

O menu degustação custou 49,50€ (em agosto de 2018), podendo incluir harmonização de vinhos por um acréscimo de 25€. Achei o serviço impecável, bem orquestrado e com equipe extremamente atenciosa. Não me surpreenderei caso o restaurante venha a ganhar uma estrela Michelin. Portanto, espere por uma experiência digna de restaurantes estrelados.

O Salpoente já foi eleito restaurante do ano em Aveiro pelo Luxury Travel Guide 2018 e o 7º melhor restaurante de “Fine Dining” em Portugal pelo TripAdvisor em 2016. O horário de funcionamento é de 12h30 às 15h para almoço e de 19h30 às 22h30 para jantar.

Endereço: Canal de São Roque, 82/83 – Tel.: +351 234 382 674

*foto de capa: site do restaurante

Leo Vidal
Carioca, biólogo, apaixonado por música, filmes e sempre disposto para novas viagens. Compartilha suas dicas de viagem há mais de 5 anos, sempre antenado ao melhor da gastronomia e hotelaria.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *