Bairro Paris-Londres em Santiago
Santiago

Paris-Londres: um bairro marcado pela ditadura chilena

Paris-Londres é um pequeno bairro da cidade de Santiago cuja característica principal é o estilo arquitetônico europeu. Projetado em 1922 pelo arquiteto Ernesto Holzmann, o bairro tem como principal ponto o encontro das ruas Londres e Paris. Dessa forma, se tornando uma esquina bem famosa da cidade. Quando visitei o bairro, o que mais me impressionou foram as marcas da ditadura militar chilena.

A área do bairro pertencia ao Convento de São Francisco, cuja igreja se localiza no nº 4 da Calle Londres. Paris-Londres está no centro de Santiago, com fácil acesso pelo metrô. Para chegar, basta saltar na estação de metrô Universidad de Chile. As ruas são de paralelepípedos e apesar de parecer uma rua de pedestres, ali é possível passar veículos.

O bairro Paris-Londres conta com grandes hotéis e mansões, além disso, alguns bares e restaurantes. Quando fui conhecer o bairro ainda era manhã de um domingo, então estava tudo fechado e meio deserto. Porém, pelo que me informei, no final da tarde fica mais fácil sentar para tomar um café pelas ruas do bairro. Por isso, vale a pena escolher o momento que mais se adequa ao seu intuito de visita. Uma coisa é certa: o ponto alto é tirar uma foto embaixo das placas que marcam a interseção entre as Calle Londres e Calle Paris.

Bairro Paris-Londres em Santiago
Bairro Paris-Londres em Santiago

Resquícios da Ditadura

Apesar da preservação da beleza arquitetônica do local, Paris-Londres exibe resquícios da ditadura militar chilena de Pinochet. Em meio aos edifícios comercias das décadas de 60 e 70 e grandes casas com fachadas europeias, registros lembram a época da ditadura que durou de 1973 a 1990.

Por exemplo, a construção que fica no nº 38 da Calle Londres serviu como base do Partido Socialista do Chile, mais conhecido como Cuartel Yucatán. No local eram detidos opositores ao regime militar de Pinochet e muitos foram submetidos a torturas e, posteriormente, mortos no local. Acredita-se que mais de 90 prisioneiros sofreram tortura na casa e depois de lá, nunca mais foram vistos.

Outra marca forte da ditadura militar em Paris-Londres pode ser vista olhando para as pedras que calçam o bairro. Muitas pedras foram substituídas por placas com nomes de pessoas que foram mortas ou que sumiram na época da ditadura. Essa foi uma forma de lembrar os mortos nessa época da história do Chile.

Detalhes do bairro Paris-Londres
Detalhes do bairro Paris-Londres

Atrações Turísticas no bairro Paris-Londres

O bairro Paris-Londres também abriga algumas atrações turísticas de Santiago. É o caso, por exemplo, da Iglesia y Convento San Francisco. É uma das mais antigas construções de Santiago. Encomendada por Pedro de Valdivia no século XVI para abrigar a imagem da Virgen del Socorro que veio da Espanha, a igreja foi construída pelos franciscanos em 1618. A construção em pedra resistiu a dois grandes terremotos. Apenas a torre sofreu danos e a atual foi projetada em 1857 em estilo neoclássico. O teto é feito de caixotes, bem diferente do que estamos acostumados a ver.

Igreja de São Francisco em Santiago
Igreja e Convento São Francisco

Em seguida, na igreja é possível visitar o Museo San Francisco com pinturas do século XVII contando a vida de São Francisco de Assis. Além disso, imagens sobre a vida da Virgen del Socorro e o Salon Gabriela Mistral, onde é possível ver a medalha Nobel dada à poetisa. Certamente um ponto alto da visita ao bairro Paris-Londres.

Leo Vidal
Carioca, biólogo, apaixonado por música, filmes e sempre disposto para novas viagens. Compartilha suas dicas de viagem há mais de 5 anos, sempre antenado ao melhor da gastronomia e hotelaria.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *