roteiro em Mykonos
Mykonos

Dicas para montar seu roteiro em Mykonos

Quanto tempo ficar em Mykonos? Essa é uma dúvida muito recorrente, pois a ilha oferece de tudo um pouco. Por isso, é importante priorizar quais seus planos e elaborar o roteiro em Mykonos baseado neles. Eu optei por três dias na ilha, mas acho que poderia ter ficado mais. Explico o porquê neste roteiro.

Roteiro pelo Centro de Mykonos

PRIMEIRO PONTO a ser considerado ao montar um roteiro para Mykonos é o horário em que você vai chegar à ilha. Dependendo do local de procedência você terá que passar por Atenas antes e conciliar horários dos voos. O meu voo saiu da capital bem cedo, tanto que cheguei em Mykonos por volta de 8h30. Teoricamente eu tinha o dia todo, porém não pude fazer check-in no hotel, assim que cheguei. Como queria passar o dia na praia já tendo me instalado no quarto, optei por aproveitar essa manhã para percorrer o centro da cidade, Chora.

No entanto, muitas lojas estavam fechadas ou ainda abrindo, então foi o tempo de tomar café e aproveitar para conhecer os famosos moinhos de Mykonos. O timing foi perfeito já que não tinha ninguém nos moinhos, apenas um casal que já estava saindo de lá.

Moinhos em Mykonos

Por causa de sua localização geográfica, Mykonos esteve situada em uma rota marítima que em determinado momento unia Veneza à Ásia. A necessidade de refinar os grãos e compactá-los para transporte se aliou ao fato da região receber durante todo ano ventos fortes. Dessa forma, os venezianos aproveitaram essa localização para a construção dos moinhos, que primeiramente foram usados como moinhos de trigo. Muitos datam do século XVI – inclusive um deles se encontra em funcionamento no Museu Folclórico da cidade até hoje. Apresentam um mesmo formato arredondado, de cor branca, pequenas janelas e um telhado de palha, cônico e pontiagudo.

Os mais famosos são os moinhos de Kato Miloy, até porque eles ficam a 7 minutos a pé do hotel em Mykonos. Eles estão localizados próximo ao centro da ilha, Chora e hoje estão desativados, mas garantem lindas fotos, em especial no fim de tarde, quando o sol está se pondo para uma imensa plateia de turistas.

Moinhos de Mykonos
Moinhos de Mykonos

Explorando o centro de Mykonos

Pude fazer ótimas fotos, passar por Little Venice e depois ir conhecer a mais famosa igreja de Mykonos, a Panagia Paraportiani, que traduzindo para o português seria “Nossa Senhora da Porta ao Lado. Ela recebe esse nome justamente porque sua entrada fica na lateral da igreja. Sua construção começou em 1425, mas só foi finalizada no século XVII. Infelizmente ela estava fechada no horário que passei por lá.

Little Venice
Little Venice e Panagia Paraportiani

Voltei para o hotel, deixei as malas no quarto e foi o tempo de trocar de roupa para pegar o ônibus para a praia. É possível conhecer as praias de Mykonos sem alugar carro.

Roteiro de Praias em Mykonos

E aí entramos no SEGUNDO PONTO a ser considerado para montar seu roteiro. São inúmeras praias ao norte e sul da ilha e a distância entre elas às vezes não é curta, mesmo para quem aluga carro. Então se você for um apaixonado por praia, aconselho pesquisar sobre quais praias pretende conhecer. A partir daí, monte seu roteiro, de acordo com o tempo que você quer passar em cada praia.

Nos meus três dias na ilha conheci cinco praias ao sul da ilha pela facilidade de locomoção nos ônibus que saem de Fabrika. Fui a Super Paradise na tarde do primeiro dia por ser a mais distante. No segundo dia, conheci Psarou pela manhã, passando por Platis Gialos que não gostei muito. Essas duas praias são separadas por um pequeno caminho a pé, o que torna possível conhece-las juntas. Terminei o dia em Paradise onde fiquei até mais tarde, aproveitando a música nos beach clubs. No terceiro dia, passei o dia todo Paraga, que foi minha predileta, não só pela beleza da praia, mas também pelo clima e frequência. Conto todos os detalhes das praias em Mykonos nesta matéria.

Praias de Mykonos
Aproveitando as praias

Roteiro noturno em Mykonos

Um TERCEIRO PONTO importante é a sua disposição para a noite. Eu optei por não virar noite em festas, o máximo que fiz foi sair para ver o movimento do centro e jantar nos restaurantes de Chora.

Jantar em Mykonos
Jantar em Mykonos

Por volta de meia-noite já estávamos de volta ao hotel, já que demos prioridade por conhecer as praias e vivenciar o dia. Se a sua intenção na ilha é “partying all time” considere que poderá estar cansado no dia seguinte e então aumente o número de dias na estadia.

Compras em Mykonos

Vale a pena também ver as lojinhas que estão todas abertas à noite. O que tem aos montes são lojas de souvenirs, afinal todo mundo quer levar um autêntico olho grego da Grécia para proteger a casa. Importante ressaltar que durante a alta temporada, a oferta de lojas é muito maior, já que muitas se mantêm fechadas durante a baixa temporada e inverno.

Mykonos não é o lugar ideal para fazer compras. Primeiramente pelos preços que são bem altos. Além disso, a ilha oferece outras atrações melhores para gastar seu dinheiro, como bons restaurantes ou até curtir as festas nos beach clubs ou no centrinho mesmo.

Passeios nos arredores de Mykonos

Um QUARTO PONTO que eu só fui descobrir depois de já ter montado todo o roteiro em Mykonos é a possibilidade de fazer um passeio nos arredores. Por exemplo, a ilha de Delos fica a 30 minutos de barco de Mykonos. É um grande sítio arqueológico, também conhecida como ilha dos deuses, e segundo a mitologia grega foi o local de nascimento de Apolo e Artêmis, filhos de Zeus. Infelizmente acabei não tendo tempo para conhecer, por isso julguei três dias não sendo suficientes. Se tivesse que montar um roteiro hoje, faria um de 4 dias para Mykonos e incluiria esse passeio a Delos.

Independente de quantos dias ficar na ilha, uma coisa é imperdível, assistir a um pôr do sol próximo aos moinhos e ver o anoitecer no antigo porto de Mykonos.

Pôr-do-sol no Porto
Pôr-do-sol no porto de Mykonos

Vai conhecer Mykonos e outras ilhas gregas? Então faça sua reserva de hotel na Grécia por aqui e ajude a manter o Panorama de Viagem sempre atualizado com as melhores dicas. Você não paga nada a mais por isso e garante boas opções de estadia.

Leo Vidal
Leo Vidal
Carioca, biólogo, apaixonado por música, filmes e sempre disposto para novas viagens. Compartilha suas dicas de viagem há mais de 5 anos, sempre antenado ao melhor da gastronomia e hotelaria.

10 thoughts on “Dicas para montar seu roteiro em Mykonos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *