Canopy São Paulo Hotel
São Paulo

Canopy São Paulo: hotel lifestyle nos Jardins

Escolher hotel em São Paulo pode ser difícil pela grande variedade. Por isso, é preciso buscar um hotel que seja a sua cara, e claro, com boa localização. É assim que eu descreveria o Canopy São Paulo, hotel nos Jardins com a cara do lifestyle jovem, sem perder o conforto e luxo. O hotel exala o que há de moderno e descomplicado. Justamente o que eu procurava para minha última viagem a São Paulo.

Ambiente e Decoração do hotel nos Jardins

Antes de mais nada é preciso mencionar que o Canopy São Paulo Jardins é um hotel da Hilton. Só isso já dá ideia do que esperar em termos de conforto. Afinal, já nos hospedamos em vários hotéis Hilton no Rio e mundo e é sempre uma excelente hospedagem. Só que Canopy é a marca lifestyle da Hilton que segue um conceito super particular.

O conceito Canopy não é de transformar o entorno em função do hotel, mas sim se inserir no contexto local. Ou seja, o local que define como hotel será. Isso está muito explícito nos grafites do Speto, cuja arte de rua ilustra as fachadas do prédio, tanto a face virada para a Brigadeiro Luis Antônio, como a virada para a rua Saint-Hilarie. Dessa forma, se tornando marca registrada do hotel nos Jardins. Ademais, os espaços comuns são projeto da arquiteta Maria Magalhães.

Fachada Canopy São Paulo
Fachada do Canopy São Paulo Jardins

A essência de São Paulo também está presente no mobiliário do Canopy São Paulo Jardins. Cadeiras do arquiteto Paulo Mendes da Rocha e móveis de Lina Bo Bardi conferem um toque de elegância à recepção do hotel. Nas paredes, telhas de cerâmica coloridas da artista Nathalia Favaro. O interessante é que para chegar às cores, há apenas variação no tempo de cozimento das peças. Dessa forma, o Canopy Jardins assume uma identidade brasileira e, ao mesmo tempo, cosmopolita de São Paulo.

Recepção do Canopy SP
Recepção do hotel nos Jardins

Localização

O Canopy São Paulo Jardins está muito bem localizado no bairro Jardim Paulista. A partir do hotel nos Jardins, facilmente chegamos à Avenida Paulista e aos restaurantes do bairro. Além disso, está a poucos minutos a pé da estação de metrô Brigadeiro. No entanto, o que achei um grande diferencial foi a entrada do hotel estar voltada para uma rua sem saída, a rua Saint-Hilarie. Uma rua calma e residencial, conferindo ao hotel uma vibe mais tranquila. Ao sair do hotel, o hóspede não encara direto as movimentadas ruas de São Paulo.

Do aeroporto de Congonhas para o hotel nos Jardins levamos pouco mais de 20 minutos de carro. Ao chegar, fomos muito bem recepcionados pelo Rafael, que nos explicou que o quarto ainda não estava pronto, mas que poderia guardar nossas malas. Aproveitamos a proximidade com a Paulista e fomos conhecer a Japan House, enquanto esperávamos pelo nosso quarto. Ao retornar, nosso quarto já estava pronto e a equipe de recepção (Rafael e Kátia) tratou de forma eficiente do nosso check-in.

Nosso quarto no Canopy São Paulo Jardins

O Canopy São Paulo apresenta 98 quartos divididos em categorias. Todos apresentam TV 55″, rádio relógio despertador, cafeteira Nespresso, ferro e tábua de passar roupa. Nosso quarto ficava no 12o andar, da categoria Premium. A área de circulação é perfeita para duas pessoas com malas, mesmo que grandes. Janelas amplas permitem a entrada da iluminação natural. No entanto, apresenta cortina blecaute que permite vedação para uma noite mais tranquila de sono.

Chama atenção o lindo dossel em verde, marca registrada do Canopy, sobre a cama, que aliás é um detalhe à parte. Seguindo o padrão Hilton, a cama king-size é extremamente confortável, assim como os travesseiros. Ao lado da cama tomada e entrada USB para facilitar o carregamentos dos nossos dispositivos eletrônicos. A conexão wi-fi se mostrou estável durante toda estadia. Esta categoria de quarto ainda apresenta uma chaise longue, cujo design é perfeito para relaxar enquanto toma um café e assiste TV.

A decoração segue os padrões das áreas comuns do hotel, com destaque para o uso da madeira com ferro. Materiais que compõem o armário que apresenta o diferencial de ser aberto, com arara e gavetas. Um design perfeito para acompanhar a modernidade impressa em todo hotel nos Jardins.

Quarto Canopy São Paulo
Quarto Premium

Para completar, uma área de trabalho ampla e um frigobar livre para quem pretende gelar sua própria bebida. Além disso, o hotel disponibiliza nos corredores, um filtro de água para enchermos a moringa do quarto à vontade. Uma forma de reduzir o uso de plástico no hotel.

Gostei muito do banheiro do Canopy São Paulo, com área de banho e privativo em separado da pia. Dessa forma, permitindo melhor circulação para duas pessoas, por exemplo. O box é amplo, chuveiro saindo do teto com boa ducha e itens de banho disponíveis.

Banheiro Canopy SP
Banheiro do hotel nos Jardins

Café da Manhã e Drinques no Stella

Nossa diária incluía o café da manhã servido em forma de buffet no restaurante Stella, no piso térreo do hotel nos Jardins. Além de itens como frios, pães variados, iogurtes, geleias e frutas, todos disponíveis no buffet, o hóspede tem opções que vem direto da cozinha. Pedimos tapioca, ovo mexido, omelete, por exemplo. Os garçons constantemente servem café, leite e até o delicioso pão de queijo. As louças do Kiminii Atelier são um diferencial para tornar a primeira refeição do dia ainda mais especial.

Café da Manhã no Stella
Café da Manhã no Stella

O Stella está aberto também para almoço e jantar, mas não fizemos nenhuma das refeições no Canopy São Paulo. No entanto, aproveitamos o dia de dose dupla de drinques. O chef de bar Jeff Silvestre nos atendeu muito bem, preparando o Señorita (drinque a base de rum) e o Negroni Evolution, uma releitura do clássico drinque. A área externa do Stella foi perfeita para nossa tarde de drinques. A cada dia da semana o Stella tem alguma promoção, vale consultar o instagram deles.

Drinques no Stella Jardins
Drinques no Stella

Recentemente, o Stella inaugurou seu menu de brunch aos domingos, sob comando do chef David Kasparian. O brunch é desenvolvido em etapas com sugestões de café da manhã e de almoço. O cardápio inclui cerveja, drinques sem álcool e espumante, no valor de R$ 240*.

Outras áreas do Canopy São Paulo Jardins

No rooftop, o Canopy São Paulo Jardins prepara uma surpresa para os hóspedes. O Barno será o bar do terraço do hotel nos Jardins. Ainda não estava aberto quando nos hospedamos no final de julho. Porém, pudemos visitar o local e já ter uma noção da vista que teremos ao voltar ao hotel, quando o bar estiver aberto.

Vista Barno SP
Vista do Barno

O Canopy São Paulos Jardins ainda dispõe de uma pequena academia, porém com todos os aparelhos necessários para o hóspede que não pretende perder a rotina de exercícios. Por enquanto é preciso agendar na recepção o horário. No mesmo andar está uma área externa de convívio, que permite um local diferente para trabalho ou lazer.

No entanto, o grande diferencial do hotel nos Jardins é o Transient Room. Uma área reservada com poltronas e lockers para quando o quarto não estiver disponível. Ou então para aquele hóspede que fez o check-out mas ainda permanecerá na cidade, poder guardar seus pertences e até tomar um banho antes de partir. Isso porque a área conta com vestiários masculinos e femininos.

Academia e Transient Room
Academia e Transient Room

Considerações Finais

Durante a pandemia, o hotel está seguindo todas as normas, com álcool gel em todos ambientes e regras para o buffet de café da manhã e brunch. O uso de máscara em toda área comum do hotel também é uma realidade. E Canopy São Paulo também está funcionando com sistema de arrumação programada. A limpeza do quarto acontece quando o hóspede solicitar. Basta comunicar a recepção ou sinalizar com a plaquinha SWEEP na porta.

Diante de toda nossa experiência, indicamos o hotel para aqueles que como nós gostam de conforto e ao mesmo tempo uma vibe mais jovem. Tivemos um final de semana em São Paulo, que se tornou ainda mais agradável por conta de nossa estadia no Canopy São Paulo Jardins.

*preço em julho de 2021

O Panorama de Viagem se hospedou no Canopy São Paulo Jardins a convite do hotel. As opiniões expressas na matéria são próprias e refletem a real experiência como hóspede.

Leo Vidal
Carioca, biólogo, apaixonado por música, filmes e sempre disposto para novas viagens. Compartilha suas dicas de viagem há mais de 5 anos, sempre antenado ao melhor da gastronomia e hotelaria.

25 thoughts on “Canopy São Paulo: hotel lifestyle nos Jardins

  1. Nossa que delícia de hotel em São Paulo! Nunca tinha ouvido falar sobre, mas eu amo a região dos jardins, só tem coisa boa por lá né?

  2. Ótima dica de hospedagem em São Paulo. Achei o Canopy um verdadeiro charme. O café da manhã bem diversificado e atraente. Já sei onde me hospedar em SP. Adorei!

  3. Ótima dica de hospedagem em São Paulo. Parece bastante confortável é é muito bem localizado, o que facilita bastante em uma cidade enorme e com muito trânsito.

  4. Que super dica de hospedagem em São Paulo. Adoro reviews de hotel porque a gente já tem uma ideia do que vai encontrar e achei o Canopy do Jardins uma graça, pareceu super aconchegante.

  5. Ótima dica de hospedagem. Alguns amigos já tinham comentado sobre o Canopy São Paulo e teu post ratificou a opinião deles.

  6. Que legal, eu adorei sua dica do Canopy hotel. Estarei em São Paulo em novembro e acho que vou usar. Obrigado por compartilhar!

  7. Nossa eu não sabia da existencia do Canopy São Paulo. Quando meus amigos que não são daqui de SP pedirem dicas de hotéis com certeza falarei dele. Achei incrível

  8. Hospedagem hoje é mais do que uma estadia, é uma experiência. O Canopy me pareceu uma ótima opção. Obrigada por compartilhar sua experiência. Já anotei para quando for a São Paulo.

    1. Sim, mesmo que não seja para passarmos o dia todo no hotel, ter conforto após voltar de um dia de turismo é sem dúvida parte da experiência de viagem.

  9. Que lindo esse hote Canopy nos Jardinsl! Moro em SP, e não conhecia, talvez por nunca ter precisado procurar hospedagem por aqui, mas amei esse hotel! Quarto, banheiro, áreas.. que vibe gostosa! E esse brunch no Stella? Me deu água na boca.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *