câmbio na Argentina
Buenos Aires

Câmbio na Argentina: qual moeda levar para Buenos Aires

Viagem para Argentina programada e bate aquela dúvida: qual moeda levar para Buenos Aires ou outras cidades argentinas? Essa resposta pode mudar de acordo com a economia do momento da viagem. Por isso, na minha última viagem optei por usar pesos argentinos durante toda viagem e valeu muito a pena. Conto aqui como foi a minha solução de câmbio na Argentina em detalhes.

Moeda da Argentina

Antes de mais nada, saiba que a moeda da Argentina é o Peso Argentino (ARS). As cédulas aceitas atualmente são as de 10, 20, 50, 100, 200, 500 e 1.000 pesos. Eu tinha em casa de viagens passadas notas de 2 e 5 pesos que já não valem mais em 2022. Para valores mais baixos, são usadas moedas que englobam os valores de 1, 2, 5 e 10 pesos. Anteriormente, eram usadas moedas de centavos, mas que caíram em desuso devido à desvalorização da moeda argentina. Por isso, atente-se a este detalhe ao fazer câmbio na Argentina.

Com a desvalorização da moeda argentina, o câmbio na Argentina se tornou um problema para os turistas. Isso porque a maior nota deles é a de 1.000 pesos, que equivale hoje a R$ 26, aproximadamente. Então, se você trocar um valor alto em real por peso, receberá uma quantia imensa de cédulas, de forma que não caberão na sua carteira. Mas, por enquanto, temos que nos acostumar e sempre que possível carregar valores para serem gastos diariamente. Dessa forma, evita-se de andar com grandes quantidades de notas.

Qual moeda levar para Buenos Aires e outras cidades argentinas?

Eu já fui para Argentina levando dólares para trocar lá, assim como já levei Real, inclusive usando-o para pagar nos restaurantes e comércio. Mas atualmente, com a cotação do dólar muito alta, não vale mais levar dólares. Exceto se você tem dólares em casa e não vai usa-los em outras viagens. De qualquer forma, eu prefiro não gastar dólares para fazer câmbio na Argentina.

E Real, vale a pena levar atualmente para fazer o câmbio na Argentina? Acho que no momento é a melhor opção. No entanto, o Real não é mais aceito largamente nos restaurantes e comércio como há anos atrás. E quando é aceito, a conversão feita é pelo câmbio oficial, levando à uma desvantagem no valor de troca. Por isso, a melhor forma é trocar o Real por Pesos Argentinos e fazer o pagamento na moeda local.

Falo com mais clareza sobre essa questão do câmbio na Argentina, nos Destaques de Stories sobre Buenos Aires no Instagram do Panorama de Viagem.

Câmbio na Argentina: Oficial x Blue

Uma questão importante atualmente para se atentar no câmbio na Argentina é que atualmente o país tem dois câmbios: o oficial e o paralelo, chamado de câmbio blue. Porém, qual a diferença entre eles? Qual paga mais? Em qual câmbio vale trocar dinheiro?

Há alguns anos, com a intenção de para frear a crise econômica Argentina, o governo decidiu controlar a compra e venda de dólares. Consequentemente, aumentou-se a procura pelo mercado paralelo, fazendo com que o câmbio blue se tornasse mais forte, em relação ao câmbio oficial. Atualmente o câmbio blue paga o dobro do câmbio oficial. Quando estive na Argentina em fevereiro de 2022, no câmbio oficial R$ 1 equivalia a 17 pesos argentinos, enquanto no câmbio blue o mesmo R$ 1 valia entre 38 e 40 pesos argentinos.

Mas onde encontrar o câmbio oficial e o câmbio blue? O câmbio oficial é determinado pelo Banco Central, utilizado pelas agências de câmbio, nos aeroportos e bancos. O câmbio oficial também é o usado nas transações com cartões de crédito. Já o câmbio blue é oferecido em agências de viagens que fazem câmbio na Argentina e pelas ruas. No entanto, como esse tipo de câmbio não está regulamentado, é preciso ter atenção ao local onde está fazendo o câmbio na Argentina. Dessa forma, evitando a aquisição de notas falsas. Diante disso, qual a melhor forma de trocar dinheiro na Argentina, aproveitando os valores do câmbio blue de forma segura?

Como fazer câmbio na Argentina

A forma que achei mais segura de fazer câmbio na Argentina, aproveitando a cotação do câmbio blue foi através da Western Union. Além da cotação em uso ser a melhor, a praticidade de realizar a transação via aplicativo do celular ou site, usando o Pix, foi um grande atrativo. Em seguida, explico passo a passo para que você possa aproveitar essa dica em sua viagem.

Passo a Passo para Câmbio na Argentina pela Western Union

Através do site ou aplicativo da Western Union no celular, você envia o dinheiro para ser retirado posteriormente na Argentina. Você pode fazer essa operação ainda no Brasil ou mesmo já na Argentina. Contudo, saiba que o prazo para o dinheiro estar disponível para retirada é de até 3 dias úteis. Normalmente, em 1 hora ele já está disponível, no caso de ter usado Pix para transferir os reais para a Western Union, mas não conte sempre com esse tempo.

Outro detalhe importante é que você está enviando o dinheiro para ser retirada na Argentina, independente da cidade. Ou seja, você não precisa retirar somente em Buenos Aires, caso você não passe por lá. Se a cidade de destino tiver uma Western Union você pode tirar o dinheiro diretamente lá. Fizemos isso em Bariloche, por exemplo. Atente-se apenas que a retirada será do valor total, não sendo possível tirar parte em uma cidade e a outra parte em outra cidade

Enviando Dinheiro para Argentina

Usando o aplicativo da Western Union você clica em “Enviar Dinheiro“. Em seguida, abrirá uma tela para você colocar o País para onde está enviando dinheiro, neste caso Argentina. Logo abaixo, o valor em reais que você quer trocar por pesos argentinos. Automaticamente, ao lado, aparecerá o valor total de pesos argentinos que você retirará na Argentina.

Etapa 1 - câmbio na Argentina
Etapa 1

Logo após, devemos selecionar como o destinatário (no caso você mesmo) irá receber o dinheiro. Neste caso, coloque “Em uma loja“, a não ser que você tenha uma conta bancária no país. No campo de baixo, você vai definir como quer pagar, ou seja, como enviará o valor em Reais para a Western Union. Você pode levar o valor a uma loja física no Brasil, mas a melhor forma hoje em dia é fazendo um Pix ou transferência bancária. Abaixo, aparecerá o valor total do Pix ou transferência bancária que você terá que fazer. É cobrada uma taxa de operação, que será acrescida ao valor original em reais.

Etapa 2 Western Union
Etapa 2

Na etapa seguinte você preencherá os dados de quem retirará o dinheiro na Argentina. Sendo você mesmo a pessoa, basta preencher seus dados. DICA IMPORTANTE: coloque seu primeiro nome no campo NOME e todos os seus sobrenomes juntos no campo SOBRENOME, ignorando a sugestão de incluir nomes do meio, para evitar problemas no momento da retirada. Em seguida, preencha seu e-mail – no qual você receberá as orientações para Pix/transferência e retirada. Nos campos “Cidade” e “Número de Celular“, deixe em branco. No campo “Finalidade da transação“, escolha “Despesas com viagens internacionais“.

Etapa 3 Western Union
Etapa 3
Finalizando o Processo

Nas telas seguintes serão pedidos dados de documentos, inclusive o que você irá apresentar para retirada do dinheiro. Portanto, preencha corretamente e com atenção. O mais indicado é utilizar para retirada o Passaporte ou Carteira de Identidade (RG), que são os documentos aceitos para entrar na Argentina. Muito provavelmente você estará com eles em sua viagem.

Por fim, será gerado um Resumo com todos os valores de taxas e o IOF, totalizando o valor que deve ser enviado para a Western Union. Seja fisicamente, via Pix ou transferência bancária. A partir daí, só aguardar a chegada do e-mail avisando que o dinheiro já está disponível para retirada.

Etapa 4 câmbio na Argentina
Resumo – Câmbio na Argentina

Retirando seu dinheiro na Argentina

Após a transação bancária (Pix ou transferência) você receberá um e-mail avisando que seu dinheiro já está disponível para retirada em um loja da Western Union. No dia que desejar retirar, dirija-se à loja da Western Union mais próxima ou de seu interesse e apresente o número de transação enviado, junto com seu documento. O atendente então entregará seu dinheiro, de acordo com o valor em pesos argentinos. Pronto! Agora você pode pagar tudo na moeda local, com a vantagem de ter feito o câmbio na Argentina usando o câmbio blue.

Aproveita e anota essa dica de loja da Western Union em Buenos Aires que achamos fácil de retirar o dinheiro, com segurança e que não estava lotada. Escolhemos o guichê da Western Union que fica dentro do Carrefour no Alcorta Shopping em Palermo, a poucos minutos a pé do MALBA. Se ficou com alguma dúvida de como fazer câmbio na Argentina, ou tem outras sugestões, deixe-as nos comentários. Sempre que possível responderei a eles. Boa viagem!

Em nossa última viagem para Buenos Aires nos hospedamos no Park Tower Buenos Aires, hotel de luxo no bairro de Retiro.

Foto de capa: Pixabay

Leo Vidal
Carioca, biólogo, apaixonado por música, filmes e sempre disposto para novas viagens. Compartilha suas dicas de viagem há mais de 5 anos, sempre antenado ao melhor da gastronomia e hotelaria.

20 thoughts on “Câmbio na Argentina: qual moeda levar para Buenos Aires

    1. Oi Carla, eu fiz uma remessa e peguei em Buenos Aires. Em Bariloche fizemos uma outra remessa, menor, mas tivemos que agendar para pegar, porque na hora não tinham dinheiro suficiente. Logo precisavam agendar para ter todo o valor. Se você for apenas para Bariloche, recomendo agendar para buscar o dinheiro. Caso não consiga, fazer pequenas remessas será uma alternativa.

  1. Excelentes dicas sobre o câmbio na Argentina e sobre qual moeda levar hoje. Da última vez que fui, também levei dólares, efetuei algumas trocas lá, o câmbio estava valendo a pena, mas também paguei com real, principalmente taxi.

  2. A Argentina é um dos destinos que vejo mais dúvidas sobre câmbio, com certeza pelo fato de aceitar o Real também, assim como no Peru. Mas com certeza essa opção pela Western Union facilita e muito o processo, além da segurança.

  3. Ótimas dicas sobre câmbio na Argentina. Como eles aceitam real, a gente sempre tende a se acomodar, mas uma boa escolha em relação ao câmbio sempre faz diferença no valor total da viagem, né?

  4. Chocada com tantos detalhes e novidades sobre o câmbio na Argentina! Da última vez que fui, ainda era absurdamente barato então não tivemos essa preocupação. Muito obrigada pelas importantes dicas!

  5. Nossa Leo, que post completo, super bem explicado sobre como fazer cambio na Argentina, te confesso que nunca sei que moeda levar pra Buenos Aires, você me ajudou muito.

    1. Oi Hebe, sempre bom ficarmos antenados com a melhor forma de câmbio para não perdermos dinheiro em viagem. espero que aproveite a dica em breve.

  6. Excelente dicas. Posso fazer “remessas” já estando na Argentina. Faço via APP ou site? Ter mudado o chip do celular na Argentina, influencia na hora de fazer a remessa pela western union, já estando em território argentino? Gratidão

    1. Oi Roberto, que bom que as dicas lhe ajudaram. Conseguimos fazer remessas já estando na Argentina sim. Fizemos pelo App sem problemas.
      Quanto ao chip, ele não altera o processo de remessa.
      Boa viagem!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *