Rio Montreux Jazz Festival
NA TELA E NO SOM

Rio Montreux Jazz Festival começa nesta quinta-feira

O Montreux Jazz Festival foi criado em 1967, na cidade que leva o mesmo nome. Neste ano, o evento vai acontecer pela primeira vez na América Latina, nos mesmos moldes da programação que acontece na Suíça. O Rio de Janeiro foi a cidade escolhida para essa estreia. O Rio Montreux Jazz Festival acontece de 06 a 09 de junho em diferentes pontos da cidade.

Durante o evento, o público poderá conferir o melhor da música e cultura em atrações pagas e gratuitas. O objetivo é estimular o acesso à atmosfera vibrante e criativa da arte que tornaram o festival conhecido mundialmente.

No Pier Mauá, o Rio Montreux Jazz Festival ocupará três palcos nomeados em homenagem a grandes estrelas da música brasileira. Os palcos Ary Barroso, Tom Jobim e Villa-Lobos terão capacidade para receber até seis mil pessoas, por dia de evento. Além dos shows, o público terá área de convivência com bares e food trucks.

A cada ano, o festival lança o pôster da edição, criado especialmente por um artista. O pôster da primeira edição do Rio Montreux Jazz Festival tem a assinatura do premiado publicitário Marcello Serpa. O Pier também irá sediar uma exposição com os pôsteres de edições passadas do evento.

Além do Pier Mauá, a boa música vai ocupar a cidade em outros cinco palcos gratuitos. No Parque Madureira estará o Palco Pixinguinha. Em outros quatro pontos da cidade estarão os palcos Montreux Urbano. São eles: Praça Nossa Senhora da Paz, Praça Varnhagen, Parque das Rosas, e Praça Largo do Machado.

Atrações do Rio Montreux Jazz Festival

Para os palcos do Rio Montreux Jazz Festival, foram selecionados artistas de diferentes gerações e estilos. Além disso, grandes encontros marcarão um novo capítulo da música brasileira. A noite de abertura terá um encontro entre o Quarteto Jobim e Maria Rita, com uma homenagem ao grande maestro. Nesta mesma data acontece a apresentação de Steve Vai, um dos maiores guitarristas da história.

No dia 07, sexta-feira, acontece um encontro inusitado de três grandes nomes da música brasileira: Frejat, Zeca Baleiro e Pitty. Eles tocarão juntos os maiores sucessos de suas carreiras.

No dia 08 de junho, Andreas Kisser reúne convidados e comanda um show inédito com os grandes hits do heavy metal em formato instrumental. Corinne Bailey Rae, fecha esta noite do festival.

Já o último show do festival, na noite de 09 de junho, trará a mistura de sons de Ivan Lins, Chucho Valdés e Irakere, a união de Brasil e Cuba, reeditando um show exclusivo realizado em Havana, em 1996.

Para os palcos gratuitos, a programação vai incluir nomes revelação da música. Além disso, projetos sociais de êxito como a Orquestra de Câmara da Rocinha e Camerata Jovem. Os ingressos para o Rio Montreux Jazz Festival estão à venda no site do evento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *