Boca da Verdade em Roma
Roma

Boca da Verdade em Roma: para os que não mentem

Quando se pensa em Roma, logo vem à cabeça o Coliseu e o Vaticano. São pontos turísticos impressionantes e que merecem ser visitados, claro. Entretanto, uma atração turística pouco conhecida e interessante, é a Boca da Verdade em Roma. Um local onde você será colocado em teste.

História da Boca da Verdade em Roma

La Bocca della Verità ou A Boca da Verdade é uma imagem esculpida em mármore pavonazzo que lembra uma máscara, retratando um rosto de homem de barba com furos nos olhos, nariz e boca. A imagem fica no pórtico da igreja de Santa Maria in Cosmedin. Sua fama é a de delatar as pessoas que mentem, segundo reza a lenda.

Acredita-se que a escultura tenha sido uma tampa de bueiro ou parte de uma antiga fonte romana. Segundo alguns estudiosos, a peça teria sido levada ao pórtico em 1631 durante a restauração feita pelo Papa Maffeo Barberini, mais conhecido como Papa Urbano VIII.

Faça sua reserva de hotel em Roma

A maior parte dos romanos acredita que a Bocca representa um Tritão, antigo deus fluvial do rio Tibre (em italiano, Tevere), que corta a cidade. Porém, a mais famosa característica da Boca da Verdade em Roma é seu papel como “detector de mentiras”. Desde a Idade Média, acredita-se que se alguém contar uma mentira com a mão na boca da escultura, ela se fecharia “mordendo” a mão do mentiroso.

Em 1953, no filme “A princesa e o plebeu” com Audrey Hepburn e Gregory Peck, a Boca caiu de vez no imaginário turístico. Por isso, grandes filas são formadas pelos turistas que querem provar que não mentem. Ou seja, colocar a mão na boca da imagem. Já aviso que eu passei no teste!

Fila para a Boca da Verdade em Roma
Fila para a Boca da Verdade

Igreja de Santa Maria in Cosmedin

Logo após enfrentar a fila para a Boca da Verdade em Roma, é comum visitar o interior da Igreja de Santa Maria in Cosmedin, que é belíssimo. A igreja foi construída no século VIII, na época do Império Bizantino, sobre as ruínas do Templo de Hércules Pompeiano. A torre do sino é a mais alta de Roma.

Atualmente, o interior é dividido em uma nave e dois corredores separados por pilastras e colunas antigas. Além disso, abriga um coro medieval antigo e muito bem preservado. Pinturas em três camadas sobrepostas estão preservadas na parte superior da nave e no arco triunfal. Na sacristia está um precioso e raro mosaico do século VIII. Por fim, em uma das capelas laterais está o crânio de São Valentim coroado com flores.

Igreja de Santa Maria in Cosmedin Roma
Interior da Igreja de Santa Maria in Cosmedin

Aproveite que foi conhecer a Boca da Verdade em Roma e visite a igreja. Ela está localizada próximo ao Circo Mássimo e a 19 minutos a pé, a partir do Coliseu. Por isso, é fácil conjugar esses locais em um dia de passeio.

Leo Vidal
Leo Vidal
Carioca, biólogo, apaixonado por música, filmes e sempre disposto para novas viagens. Compartilha suas dicas de viagem há mais de 5 anos, sempre antenado ao melhor da gastronomia e hotelaria.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *