Píer Santa Monica
Los Angeles

Píer Santa Monica: um clássico na Califórnia

O Píer Santa Monica talvez seja o maior ícone da Califórnia. Por exemplo, em quantos filmes de catástrofe já não vimos o píer ser “destruído”? Ao mesmo tempo, o local já foi cenário para diversos filmes de romance, policial e ação. Quem está em Los Angeles pode facilmente aproveitar o dia na praia de Santa Monica e claro, visitar o famoso píer.

Histórico do Píer Santa Monica

Quem estiver chegando a Los Angeles de carro pela Highway 1 já consegue avistar de longe a icônica roda-gigante do píer Santa Monica. Entretanto, a história do píer já é centenária. Construído em 1909, na praia que lhe deu nome, foi o primeiro píer de concreto na costa oeste dos Estados Unidos. Com isso, ganhou reputação entre os locais como o melhor local de pesca em SantaMonica.

Logo após, em 1916, foi inaugurado o hipódromo de Looff, atualmente um marco histórico nacional que abriga o icônico carrossel inaugurado em 1939. Com tanta história e fama, o píer de Santa Monica foi eleito em 2017 o local mais fotografado de Los Angeles. Inclusive, o tradicional letreiro de neon de Santa Monica Yacht Harbour – inaugurado em 1941 – é ponto perfeito para garantir uma foto.

Como chegar ao Píer Santa Monica

Uma vez em Santa Monica, para chegar ao píer, basta pegar a rampa localizada no cruzamento da Ocean Avenue com a Colorado Avenue. Quem estiver de carro, pode contar com o estacionamento no final da rampa do convés do próprio píer ou no Lot 1 North. Já de bicicleta, basta seguir pela Marvin Braude Bike Trail (The Strand) e, posteriormente, seguir em direção à calçada de acesso a pedestres. Quem estiver no centro de Los Angeles, Culver City e afins, pode utilizar a Metro Expo Line.

Ideal ter como primeira parada o Pier Shop & Visitor Center, onde você pode encontrar mapas da área e guias de visitantes. Agora, o que você pode fazer no píer?

Quer se hospedar em Santa Monica? Faça sua reserva.

Atrações no Píer

Minhas “informações” sobre o píer eram apenas as que tinha visto nos filmes. Como estava acompanhado de uma amiga que mora em Los Angeles, foi mais fácil localizar o que fazer por ali.

Algo que eu não sabia é que a famosa Rota 66 terminava ali. Na verdade, a oficialização desse fato se deu em 2009, mas o fato é que em pleno píer podemos tirar uma foto com a tradicional placa da rota mais famosa dos Estados Unidos. Quem não dispensa umas comprinhas pode aproveitar a The Route 66 Shop. São camisetas, bolsas e outros acessórios da Route 66, perfeito para presentear os amigos.

Píer Santa Monica Rota 66
Final da Rota 66 no Píer Santa Monica

Ainda no ritmo de compras, no Pier Gear se encontram presentes, souvenires e peças de vestuário que vão de acessórios a moda praia.

Parque de Diversões no Píer

A grande atração fica com o Pacific Park, o único parque de diversões da costa oeste localizado em um píer. E aí não pense que são só as crianças que adoram. Está cheio de adultos circulando pelo parque e nos brinquedos. A mais concorrida é a roda-gigante Pacific Wheel, da qual se tem uma vista superior incrível da praia de Santa Monica e pasmem, é movida a energia solar – a única do mundo. 

Para completar a diversão uma montanha-russa que se eleva a 15 metros acima do Oceano Pacífico e outros brinquedos típicos de parques. Aqueles que gostam de tentar a sorte, podem passar o tempo nos diversos jogos e quem sabe garantir um brinde para levar para casa. Não há bilhete de entrada para o parque, mas sim para cada uma das atrações.

Uma atividade diferente, mas bem interessante é ter uma aula na Escola de Trapézio de Nova York (TSNY), localizada no píer SantaMonica. Não é necessária experiência prévia e as aulas duram de 60 a 120 minutos, dependendo da atividade. É preciso ter mais de 6 anos para participar. Por fim, quem gosta de jogos, pode aproveitar o Playland Arcade com mais de 200 jogos, incluindo o clássico pinball.

Pacific Park Santa Monica
Pacific Park em Santa Monica

Onde comer no Píer Santa Monica

Na parte gastronômica, além das gulodices vendidas nas barraquinhas do Pacific Park, é fácil encontrar alguns restaurantes. Meu preferido é o Bubba Gump Shrimp Co inspirado no filme Forrest Gump. Além disso, a culinária mexicana está representada no Mariasol Cocina Mexicana, quem gosta de hambúrguer pode aproveitar o PierBurger e o Albright oferece um conceito de comida farm-to-table, frutos do mar e vinhos locais.

Por isso, visitar o Pier Santa Monica é um programa imperdível para quem está em Los Angeles e quer sentir um pouco da vibe californiana. E claro, se sentir parte de um dos mais famosos ícones da costa oeste.

10 thoughts on “Píer Santa Monica: um clássico na Califórnia

  1. Que demais suas dicas sobre o Píer de Santa Mônica!
    Realmente é um lugar que muita gente sonha em conhecer por causa da influência nos filmes e séries!

    Não fazia a mínima ideia sobre a Rota 66 e o parque de diversões completo (pensava que só tinha a roda gigantes!)

    Abraço!

    1. Eu também descobri que era lá o fim da Rota 66 quando visitei o píer. Depois tive a oportunidade de conhecer o início que é na cidade de Chicago.

  2. O Píer Santa Monica é tão clássico que o dia em que eu for vou me sentir num filme! hahahaha adorei passear por lá no post de vocês 🙂

  3. Realmente esse é um clássico mesmo. Irei ver de pertinho em breve. Meu filho está morando na Califórnia e sempre me enche de vontade com essas informações que você passou aqui.

  4. Gostei de estar em Santa Mônica. Foi bem aí no Pier de Santa Mônica, o final de minha road trip pela Califórnia, onde percorri alguns trechos sensacionais da Route 66. Com uma foto embaixo da placa: icônico né?! 🙂

  5. Fui pra California no inverno então nem aproveitamos o Pier Santa Monica infelizmente. Acho q ele aparecia no Barrados no Baile nos anos 90, não? Amava aquele seriado hehehe É a cara de Los Angeles pra mim.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *